2 eventos ao vivo

Milan confirma que Cassano teve AVC e passará por cirurgia

2 nov 2011
10h52
atualizado às 12h38

Após alguns dias de mistério, o Milan finalmente se manifestou oficialmente sobre o problema ocorrido com o atacante Antonio Cassano, que na noite de sábado passou mal ao desembarcar em Milão. A avaliação médica do clube confirmou que o atleta sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) e, por isso, será submetido a uma cirurgia nos próximos dias.

"O Milan, com base nas informações médicas do (Hospital) Policlínico de Milão, comunica que Antonio Cassano manifestou um problema cerebral sobre uma base isquêmica. Os exames instrumentais e neuroradiologicos requereram 72 horas para serem realizados e evidenciaram uma dor em uma área cerebral circunscrita que não determinou déficits neurológicos persistentes", diz o comunicado no site oficial.

O termo "base isquêmica" refere-se ao entupimento de um dos vasos que irriga o cérebro. A origem do problema, segundo o comunicado, é a presença de um forame oval, pequeno orifício localizado entre os átrios do coração. Uma das hipóteses é que no forame tenha se formado um coágulo, que teria sido sido transportado para o cérebro.

Sem sequelas e com boa recuperação, Cassano será submetido a uma intervenção cirúrgica nos próximos dias para fechamento do forame. "O tempo de recuperação para o retorno às atividades será mais bem definidos após a intervenção, mas provavelmente será de alguns meses", diz ainda o comunicado.

Segundo o jornal Corriere della Serra, o vice-presidente do clube, Adriano Galliani, disse que o afastamento pode ser de até seis meses, o que poderia prejudicá-lo também na seleção italiana, que disputa a Eurocopa a partir de 9 de junho. Cassano passou mal ao desembarcar em Milão na noite de sábado. Tinha dificuldades de falar e se movimentar, além de tontura e cansaço.

Cassano terá de passar por cirurgia para evitar novo problema
Cassano terá de passar por cirurgia para evitar novo problema
Foto: Reuters
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade