2 eventos ao vivo

Salvo pelo VAR e com gol brasileiro, Napoli vence o Sassuolo pelo Italiano

25 jul 2020
18h53
atualizado às 18h53
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Neste sábado, o Napoli voltou a campo e bateu o Sassuolo por 2 a 0, pela 36ª rodada do Campeonato Italiano. Jogando em casa, a equipe comandada por Gennaro Gattuso não fez um bom jogo, mas contou com o VAR e os gols de Elseid Hysaj e Allan para vencer a partida.

Já classificado para a Liga Europa, pelo título da Copa da Itália, e sem chance de vaga na próxima Liga dos Campeões pelo Italiano, o Napoli entrou em campo apenas para cumprir tabela. Com a vitória, os azuis chegaram aos 59 pontos na sétima colocação. Logo na sequência, o Sassuolo estaciona com 48 no oitavo lugar.

O duelo começou equilibrado, mas o Napoli contou com um gol logo cedo para abrir o placar no San Paolo. O lateral Elseid Hysaj apareceu no ataque, avançou livre de marcação e bateu rasteiro para marcar para os mandantes.

Mesmo com a vantagem no placar, o Napoli não conseguiu controlar o jogo e permitiu que o adversário chegasse com perigo. Filip Đuričić chegou a balançar as redes para o Sassuolo duas vezes, aos 32 e aos 37, mas a arbitragem assinalou impedimento na origem de ambas as jogadas após revisão no VAR.

Depois do intervalo, o Sassuolo voltou cheio de gás para tentar ao menos o empate. O ataque visitante conseguiu furar a defesa dos mandantes mais duas vezes, mas novamente o VAR entrou em ação para anular os gols de Caputo e Bernardi, aos quatro e aos 15 minutos, respectivamente, também por impedimento.

Depois de tantos sustos, o Napoli conseguiu se organizar para sofrer menos. Apesar da dificuldade de construir jogadas ofensivas, a equipe conseguiu assegurar a vitória. Com a partida já nos acréscimos, o brasileiro Allan ainda anotou o segundo para fechar o placar. Agora, Gattuso e seus comandados voltam a campo na terça-feira, às 16h45 (de Brasília), quando visitam a Inter de Milão no Giuseppe Meazza.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade