PUBLICIDADE

Koulibaly denuncia injúria racial e investigação sobre o caso é aberta

4 out 2021 09h41
| atualizado às 10h05
ver comentários
Publicidade

O zagueiro Kalidou Koulibaly, do Napoli, em suas redes sociais, denunciou que sofreu insultos racistas após o triunfo diante da Fiorentina, fora de casa, pelo Campeonato Italiano, no último domingo.

"'Macaco de m…'. Foi assim que eles me chamaram. Essas pessoas não têm nada a ver com esporte. Elas precisam ser identificadas e mantidas fora dos estádios: para sempre", escreveu o senegalês.

Em nota publicada nesta segunda-feira, a Federação Italiana de Futebol (FIGC) informou que foi aberta uma investigação sobre o caso. O Ministério Público Federal escutou o relato do jogador e apurou os laudos de seus fiscais.

"Nas próximas horas, outros atos de investigação serão realizados, adquirindo os documentos relevantes na Sede da Polícia de Florença", publicou a FIGC.

Joe Barone, diretor-geral da Fiorentina, se encontrou com Koulibaly após o jogo e fez um pedido de desculpas em nome do clube. A Viola disponibilizou à polícia imagens e vídeos que possam ajudar na identificação dos agressores.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade