1 evento ao vivo

Inter estipula preço de R$ 346,9 milhões para vender Icardi ao Real Madrid

18 mar 2019
09h05
atualizado às 09h05
  • separator
  • 0
  • comentários

O retorno imediato de Zinédine Zidane ao Real Madrid teve dois objetivos principais: sanar a crise pelos maus resultados e planejar a próxima temporada. E dentro do processo de reestruturação do elenco merengue está a contratação de uma peça ofensiva que, ao que tudo indica, será Mauro Icardi. A Internazionale, porém, mesmo que em rota de colisão com o jogador, já definiu o preço: 80 milhões de euros (cerca de R$ 346,9 milhões).

De acordo com o jornal espanhol As, a diretoria do Real Madrid procurou o staff do atacante argentino, que revelou a pedida da Inter de Milão. Por conta da crise e do momento conturbado pelas negociações de renovação, o clube italiano estuda negociar o atleta por uma quantia inferior até mesmo a cláusula de rescisão, definida em 110 milhões de euros (cerca de R$ 477 milhões).

Por conta da polêmica com a agente e esposa Wanda Nara, Icardi não joga desde o mês de fevereiro com a camisa do clube italiano. A primeira medida, inclusive, foi a retirada da faixa de capitão do jogador, para seu posterior afastamento, acatado por Luciano Spalletti. A situação pode acabar beneficiando o Madrid com um plano menos arrojado de transferência.

Na imprensa espanhola, estipula-se que não há um nome definido pela diretoria e comissão técnica merengue para a posição de centroavante. Outra alternativa, além de Icardi, é o inglês Harry Kane, mas a promessa de jogo duro do Tottenham e a sequer abertura de conversas por menos de R$ 1,5 bilhão é um empecilho para um possível acerto.

Dentro das quatro linhas, a primeira ação de Zidane se mostrou positiva. Antes meros reservas e pouco utilizados, Marcelo, Isco e Bale foram novamente promovidos ao time titular e foram protagonistas na vitória merengue sobre o Celta, no último sábado, por 2 a 0.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade