1 evento ao vivo

Com 2º tempo arrasador, Juventus goleia Lazio e é campeã da Supercopa

18 ago 2013
18h08
atualizado às 19h13
  • separator
  • 0
  • comentários

A Juventus mostrou a sua força. Com um show de aplicação tática e um início de segundo tempo arrasador, a equipe ignorou um Estádio Olímpico de Roma lotado e não teve dó da Lazio. Venceu por 4 a 0 e faturou o título da Supercopa da Itália, no duelo que confrontou a atual campeã italiana com a detentora do título da copa nacional.

<p>Juventus conquistou o t&iacute;tulo com sobras</p>
Juventus conquistou o título com sobras
Foto: AFP

Os gols da equipe de Turim foram marcados por quatro jogadores diferentes. Pogba, que entrou na partida no lugar de Marchisio, machucado, abriu o placar aos 23 minutos do primeiro tempo. O jogo, porém, foi decidido no início da segunda etapa. Chiellini, Lichtsteiner e Tevez fizeram três gols em sete minutos e deram, à Juventus, o sexto título da Supercopa da Itália.

Agora, as duas equipes focam suas atenções na disputa do Campeonato Italiano. Atual campeã, a Juve começa a defender a sua conquista no próximo sábado, às 15h45 (de Brasília), contra a Sampdoria, fora de casa. A Lazio, por sua vez, estreia no domingo, às 15h45 (de Brasília), contra a Udinese, em Roma.

O Jogo

Como na maioria das partidas que envolvem um título e dois times italianos, o confronto começou muito disputado no Estádio Olímpico de Roma. Com muita disposição e marcação, o duelo foi truncado nos primeiros minutos. A primeira, e única, chance da primeira metade da etapa incial surgiu logo aos três. Vucinic foi lançado pela meia esquerda, invadiu a área e acertou uma bomba de perna esquerda, mandando por cima do gol. A Juventus seguiu melhor em campo, mas passou a esbarrar na boa marcação da Lazio.

Assim permaneceu até os 19min, quando um fato mudou o jogo: Marchisio sentiu contusão no joelho e teve que ser substiuído. Em seu lugar, entrou o garoto francês Paul Pogba, que mostrou ter muita estrela. Aos 23min, apenas quatro minutos depois de pisar no gramado, ele aproveitou sobra de cobrança de falta ensaiada de Pirlo, e, dentro da área, girou em cima da zaga, fuzilando de pé esquerdo. O goleiro Marchetti ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o gol. A Juventus abria o placar na casa do adversário.

O jogo, então, então ganhou mais movimentação, e as duas equipes passaram a trocar ataques com mais constância. A Lazio levou muito perigo aos 33min. Radu avançou pela meia esquerda e chutou forte de fora da área. A bola se encaminhava para o ângulo esquerdo de Buffon, que saltou e, de mão trocada, fez uma defesa espetacular. A equipe da capital ainda tentou algumas investidas com Hernanes, Lulic e Klose, mas não assustou a meta da Velha Senhora, que ia para os vestiários com vantagem simpels no placar.

No segundo tempo, a Lazio tentou começar pressionando, mas logo foi esfriada. Um "rolo compressor bianconeri" a atropelou. Aos seis minutos, em um contra-ataque de manual, Pirlo lançou Tevez, que ajeitou para Lichtsteiner. O lateral avançou com velocidade e só rolou para o zagueiro Chiellini, que, como um centroavante, apenas empurrou para o fundo do gol. Nem deu tempo de o time da capital assimilar o golpe, e já sofreu outros dois. Aos oito, Lichtsteiner, de novo, tabelou com Vucinic, invadiu a área em diagonal e só tocou na saída de Marchetti. Quatro minutos depois, Tevez aproveitou rebote dentro da área e sacramentou a goleada da Juve.

Era o primeiro gol de Carlitos com a camisa bianconeri, que ficaraia ainda mais pesada com mais um título da Supercopa. A Lazio ainda tentou atacar, mas, arrasada com o massacre sofrido em sete minutos, não teve forças para sequer balançar as redes. Fim de papo, 4 a 0 Juventus.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade