0

Holanda desafia a Inglaterra na semifinal da Liga das Nações

5 jun 2019
20h03
atualizado em 7/6/2019 às 10h43
  • separator
  • 0
  • comentários

A segunda semifinal da Liga das Nações da Uefa será disputada nesta quinta-feira, a partir das 15h45 (de Brasília), no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, onde a Holanda desafia a Inglaterra.

Os holandeses chegaram a esta semifinal liderando um grupo que tinha a campeã mundial França e a poderosa Alemanha. Um feito para um país que sequer conseguiu se classificar para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Ídolo como jogador, o técnico Ronald Koeman tem a missão de fazer a reestruturação da seleção holandesa.

"A nossa seleção está evoluindo e deixando para trás um passado recente que não foi muito agradável. Trocamos de geração e esta troca sempre é muito desgastante. O preço que pagamos foi não termos ido ao Mundial, mas isso aos poucos vem ficando para trás e a nossa campanha na Liga das Nações mostra que estamos avançando. Queremos conquistar a vaga na decisão, principalmente por que seria um impacto muito positivo para o estágio que estamos vivendo. Tenho convicção de que meu grupo está fechado no sentido de conseguir este objetivo e estamos muito animados", disse.

A Inglaterra venceu um grupo não menos difícil que contava com a Espanha e a vice-campeã mundial Croácia.

Gareth Southgate, treinador da Inglaterra, aposta na força do jovem conjunto que foi semifinalista na última Copa do Mundo. Os jogadores se mostram empolgados com a possibilidade de um título pela equipe britânica.

"É uma competição que tende a crescer em importância e seria muito positivo se a gente conseguisse este título", disse o artilheiro da Copa do Mundo da Rússia, Harry Kane, que joga pelo Tottenham.

Caso a partida termine empatada no tempo regulamentar, acontecerá uma prorrogação de 30 minutos. Persistindo a igualdade no tempo extra, o classificado será conhecido nas cobranças de pênaltis. O perdedor vai jogar pelo terceiro lugar.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade