0

Tottenham faz 2 a 0 no Leicester e assume terceira posição do Inglês

8 dez 2018
19h57
  • separator
  • comentários

Letal. Assim foi o Tottenham neste sábado para vencer o Leicester por 2 a 0 em pleno King Power Stadium, pela 16ª rodada do Campeonato Inglês. Apesar da partida "para o gasto" e sem muita inspiração ofensiva, os comandados de Mauricio Pochettino aproveitaram as duas melhores chances criadas para fazer o placar com Son e Dele Alli. O triunfo, inclusive, colocou os Spurs na terceira posição, seis pontos atrás do líder Liverpool.

Os primeiros 45 minutos foram de muita disputa, mas de poucas chances efetivas para ambos os lados. O primeiro chute certo, inclusive, foi já nos acréscimos, mas certeiro. Em uma grande jogada individual, Son carregou do lado direito para o centro e acertou um belo chute colocado para colocar o Tottenham na frente. O Leicester, por sua vez, foi melhor no início, mas não transformou a imposição em tentos.

Com o placar encaminhado na primeira etapa, o Tottenham apenas controlou o segundo tempo para confirmar a vitória. Sem sofrer defensivamente, ainda conseguiu ampliar a vantagem aos 13 minutos, após cruzamento de Son que Dele Alli testou firma à queima-roupa. Com pouco repertório, os Foxes não conseguiram fazer valer as mudanças ofensivas promovidas ao longo da partida

Com o triunfo desse sábado, os Spurs terão pouco tempo para descansar, já que volta a campo na próxima terça-feira, pela Liga dos Campeões, para medir forças com o Barcelona e encaminhar a classificação para as oitavas de final. O Leicester, por sua vez, retorna aos gramados no próximo sábado, quando encontra o Crystal Palace pelo Campeonato Inglês.

O JOGO

Jogando em casa, o Leicerter começou a partida fiel à sua característica e mais efetivo que o Tottenham, com muitas dioficuldades para dominar a posse de bola e criar chances. Com um jogo de poucos toques e de ligação direta, os Foxes assustaram pelas primeiras vez aos sete minutos, quando Ndidi tentou um voleio de fora e a bola passou próxima ao travessão de Lloris, mas por cima.

Aos poucos, o jogo foi perdendo intensidade e as chances gol cessaram de ambos os lados. Com pouco controle do meio-campo, o time de Londres comandado por Mauricio Pochettino acumulou passes errados, tentativas frustradas e nem mesmo a formação sem um atacante mais fixo se mostrou eficiente, com Dele Alli, Son e Lucas Moura encontrando poucos espaços no campo ofensivo.

Quando os Spurs tiveram um espaço, porém, foram certeiros para aproveitar e abrir o placar. Derrotado pela defesa do Leicester em todas as chances criadas até então, o ataque sem Harry Kane, poupado, se provou pelos pés de Son, que aos 46 minutos do primeiro tempo abriu o placar em um belo gol após um chute colocado de fora da área.

No segundo tempo, o duelo ganhou em intensidade e disputa, principalmente após as mudanças dos donos da casa, promovendo a entrada de dois jogadores mais ofensivos. Porém, quem marcou foi o Tottenham, que ampliou a vantagem aos 13 minutos. Após cruzamento preciso de Son, Dele Alli cabeceou à queima-roupa sem qualquer chance de defesa para Schmeichel.

Com a vantagem no placar, o Tottenham apenas controlou o restante da partida para confirmar o triunfo. Na reta fina, inclusive, Pochettino promoveu as entradas de Erikssen e Harry Kane, poupados visando o duelo com o Barcelona pela Liga dos Campeões na próxima quarta-feira. As melhores chances do Leicester acabaram sendo nas bolas paradas, mas a falta de precisão determinou o placar por 2 a 0 para os londrinos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade