1 evento ao vivo

Revista americana destaca história de Balotelli: abandono e racismo

2 nov 2012
09h48
atualizado às 09h52

O atacante italiano Mario Balotelli, do Manchester City, é destaque na mais nova edição da revista americana Time, datada de 12 de novembro de 2012. O jogador detalha o abandono por parte dos pais, os episódios de racismo os quais já sofreu e comenta inclusive sobre o aproveitamento de 100% em pênaltis convertidos que diz ter.

» Vote e eleja a mais bela mulher de jogadores do Alemão

A foto do atleta estampa a capa da revista nas edições de Europa/Oriente Médio/África, Ásia e Pacífico Sul. "O significado de Mario", é o título que acompanha a imagem, ao lado do subtítulo: "o que o fenômeno de Mario Balotelli diz sobre futebol, raça e identidade europeia". Para os Estados Unidos, a página principal da publicação destaca a disputa da eleição presidencial de 2012, entre o democrata Barack Obama e o republicano Mitt Romney.

Em longa entrevista publicada pelo periódico americano, Balotelli comenta sobre o racismo em seu esporte e afirma que "as pessoas racistas são poucas, mas não se pode fazer nada com eles porque são estúpidos e é inútil falar sobre isso".

Ele afirma ainda que espera "poder ajudar aos italianos e os ingleses a serem menos racistas" e aponta que gostaria de conhecer "um dia Obama", definindo-se feliz quando o presidente americano "foi eleito porque era a primeira vez que um negro ia à Casa Branca".

Balotelli, 22 anos, nasceu em Palermo, na Sicília, filhos dos imigrantes ganeses Thomas e Rose Barwuah. Seus pais o abandonaram em um hospital, e o jogador recebeu o cuidado dos médicos até os dois anos de idade, quando foi entregue para a adoção pelo tribunal de menores e passou a viver com a família Balotelli de Concesio, na província de Brescia.

O atleta, que precisou esperar até os 18 anos para ter direito à cidadania italiana, atuou na Inter de Milão até 2010, quando se transferiu ao Manchester City. Prestes a ser pai de seu primeiro filho, com a modelo italiana Raffaella Fico, Balotelli afirma que o filho "precisará de uma mãe que saiba dizer não". Como sofreu "muito quando criança", o atacante projeta que vai querer "tão bem" o filho que não saberá reprovar o comportamento da criança ou dizer não.

Sempre interessados em estatísticas, os americanos da Time ainda questionaram o rendimento até aqui infalível do italiano em cobranças de pênalti. Com um aproveitamento de 100% contra 82% do atacante argentino Lionel Messi, por exemplo, Balotelli justifica o número dizendo que sabe "como controlar o cérebro". Ele define a cobrança como "um jogo psicológico com o goleiro" e aponta que, quando o arqueiro se mexe primeiro, "perdeu" a disputa.

Campeonatos europeus ao vivo
O Terra exibe ao vivo via internet para o Brasil todas as partidas da Liga Europa nas temporadas de 2012/2013, 2013/2014 e 2014/2015, sendo o único meio de comunicação do País a transmitir ao vivo os 205 jogos da competição. As transmissões são disponibilizadas em alta definição (HD) e padrão standard, inclusive para tablets e smartphones.

Além da Liga Europa, os internautas podem acompanhar ao vivo jogos de competições importantes do Velho Continente, como os Campeonatos Alemão, Russo, Português e Grego.

Capa da revista Time na Europa estampa imagem de Balotelli e o título: "o significado de Mario"
Capa da revista Time na Europa estampa imagem de Balotelli e o título: "o significado de Mario"
Foto: Time / Reprodução
Fonte: Terra
publicidade