0

Rashford marca duas vezes e United bate Liverpool em clássico inglês

10 mar 2018
11h29
atualizado às 11h48
  • separator
  • comentários

Maior clássico da Inglaterra, Manchester United e Liverpool se enfrentaram pela 200ª vez na manhã deste sábado. Na partida em que marca esta expressiva marca de partida, vitória para o maior vencedor do encontro, Manchester United. Em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Inglês, os diabos vermelhos se aproveitaram do fator casa e chegaram a sua 80ª vitória sobre o rival com a vitória por 2 a 1, aumentando ainda a mais a sua vantagem sobre os reds, que possuem 65 vitórias.

Com um ritmo forte e uma estratégia bem definida, a equipe de José Mourinho abriu uma vantagem de dois gols no marcador com dois gols muito parecidos de Marcus Rashford. Na segunda etapa, Baily acabou errando feio na hora de cortar um cruzamento e acabou marcando contra a sua própria meta, dando números finais a partida.

Além da tradicional rivalidade, a partida deste sábado valia a segunda colocação da tabela de classificação. Com o triunfo do Manchester, a equipe de José Mourinho se consolida na vice-liderança do torneio com 65 pontos, a 13 do líder Manchester City. Já o Liverpool permanece com os 60 pontos e na terceira colocação.

O jogo - A proposta das duas equipes em campo ficou muito clara logo nos primeiros movimentos de partida. Enquanto o Liverpool ficava mais com a bola, o United, mesmo jogando em casa, apostava na velocidade de seus atacantes para buscar perigo ao gol adversário.

Para utilizar essa estratégia de lances velozes no ataque, Mourinho surpreendeu na escalação e posicionou Rashford na ponta esquerda do ataque. E a escolha do treinador mostrou resultado logo aos 14 minutos, quando De Gea cobrou um tiro de meta longo e Lukaku desviou de cabeça. A bola sobrou para Rashford que ganhou na velocidade de Alexander-Arnold. O jovem atacante realizou um lindo corte no defensor que buscava a recuperação e finalizou forte no canto esquerdo do goleiro, abrindo o placar em favor dos donos da casa.

Após o 1 a 0 no marcador, o Liverpool começou a tentar traduzir a sua maior posse de bola em chances claras de gol. Aos 23 minutos, Van Djik encontrou espaço na defesa adversária e conseguiu aproveitar a cobrança de escanteio, no entanto a bola passou à direita da meta.

Na cobrança do tiro de meta, novamente Lukaku ganhou pelo alto e dominou. O belga rapidamente acionou Juan Mata, que tentou driblar o goleiro porém foi bloqueado,  A bola sobrou limpa para Rashford, que finalizou bem e anotou o seu segundo gol na partida, ampliando a vantagem dos mandantes.

Com a vantagem bem construída, o Liverpool não teve outra opção a não ser pressionar o adversário. No entanto, a equipe comandada por Mourinho soube lidar bem com a pressão do adversário e foi precisa na marcação. Se ofensivamente o Liverpool não conseguia criar perigo, a sua defesa totalmente desarrumada era um convite para o United seguir apostando no contra-ataque.

Numa dessas tentativas, Sánchez recebeu boa bola na ponta esquerda e encontrou Mata livre dentro da área. O meia não tinha tempo para realizar o domínio e arriscou um lindo voleio, fazendo a bola passa perto do gol.

Na segunda etapa, a equipe de Jürgen Klopp buscou pressionar a equipe adversária a todo custo. Logo aos dois minutos, Van Dijk novamente ganhou pelo alto após a cobrança de escanteio de Salah e por pouco não diminuiu o marcador.

Sabendo lidar com a pressão adversária, o Manchester sofria poucos sustos na defesa, até que aos 21 minutos, o zagueiro Baily tentou afastar o cruzamento de Mané e acabou errando o corte, e sem querer finalizando contra a própria meta. De Gea foi pego de surpresa com o lance e não conseguiu realizar a defesa, diminuindo a vantagem do time da casa.

Após ver a vantagem adversária sendo diminuída, o Liverpool continuou pressionando o rival em busca do empate. No entanto, não conseguiu transformar essa posse ofensiva em chances claras. Por outro lado, o United apostava ainda mais nos contra-ataques, porém esbarrava no cansaço de seus atletas.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade