PUBLICIDADE

Rangnick define futuro de Cavani: "Definitivamente não o deixarei ir"

2 jan 2022 13h54
| atualizado às 16h39
ver comentários
Publicidade

Neste domingo, o técnico interino do Manchester United, Ralf Rangnick, concedeu entrevista coletiva e decidiu o futuro do uruguaio Edinson Cavani, especulado no Corinthians. O treinador afirmou que não deixará o atacante sair do time até o fim da temporada europeia, em junho.

"Ele sabe que eu definitivamente não o deixarei ir. Para mim, ele é um jogador muito importante para o resto da temporada. Ainda estamos disputando três competições, então definitivamente precisaremos do Edi. Para mim, é claro que o Edi tem que ficar", pontuou o comandante dos Red Devils.

"Ele é provavelmente o único que pode jogar como atacante de costas e de frente para o gol. O seu profissionalismo e a sua ética de trabalho são simplesmente incríveis", completou o alemão.

Cavani, de 34 anos, está vinculado ao Manchester United até o dia 30 de junho e já pode assinar um pré-contrato com qualquer outro clube. Na última semana, o empresário do atleta, Walter Guglielmone, revelou que sabe do interesse do Corinthians em contar com o jogador, mas afirmou que não houve conversas sobre um possível salário.

Nesta temporada, o centroavante disputou dez partidas, sendo titular em três delas, e anotou dois gols com a camisa do United. Cavani também perdeu espaço na equipe por conta de lesões, que o afastaram dos gramados em 14 jogos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade