0

Homem que fez gestos racistas para Fred é preso

Após o apito final, vídeos circularam pela Internet e o clube prometeu punir o responsável pelo ato

8 dez 2019
09h55
atualizado às 10h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Durante o dérbi de Manchester, um torcedor do City fez gestos racistas para o meia brasileiro Fred, que pertence ao United. Após o apito final, vídeos circularam pela Internet e o clube prometeu punir o responsável pelo ato. Na manhã deste domingo, a polícia inglesa anunciou que Anthony Burke foi preso.

Chris Hill, superintendente da divisão que executou a prisão, avisou que casos como esse não serão tolerados.

Kevin De Bruyne, do Manchester City's, com Fred, do Manchester United
Kevin De Bruyne, do Manchester City's, com Fred, do Manchester United
Foto: Reuters / Jason Cairnduff

"Gostaria de agradecer ao público pelo apoio. Qualquer tipo de racismo não tem lugar no futebol ou em nossa sociedade e espero que essa prisão mostre que estamos levando esse assunto extremamente a sério. Continuaremos a trabalhar com os clubes do City e United neste incidente e investigaremos outras linhas", comentou.

Aos 41 anos de idade, Burke deve ser banido do City para sempre. "O Clube mantém uma política de tolerância zero em relação a qualquer tipo de discriminação, e qualquer pessoa considerada culpada de abuso racial será banida do clube por toda a vida", escreveu o clube em publicação veiculada neste sábado.

Depois do confronto, Solskjaer, técnico do United, deixou claro sua insatisfação. "É um ato de ignorância. Às vezes, até sentimos pena desse tipo de pessoa. Temos que combater isso com educação", destacou.

Veja também

Veja o ranking dos 20 clubes com mais sócios-torcedores no Brasil

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade