4 eventos ao vivo

Campeonato Inglês terá VAR na próxima temporada

Premier League fará pedido formal à Fifa para implementar recurso de árbitro de vídeo a partir de 2019

15 nov 2018
16h38
atualizado às 17h18
  • separator
  • 0
  • comentários

Os clubes que participam da Premier League, a primeira divisão do Campeonato Inglês, concordaram em introduzir o árbitro de vídeo ( VAR, na sigla em inglês) na próxima temporada. O anúncio foi feito nesta quinta-feira, após a atualização dos números obtidos na Copa da Inglaterra e na Copa da Liga Inglesa.

"A Liga agora formalmente fará um pedido à International Football Association Board (entidade mundial) e à Fifa para usar o VAR na próxima temporada", disse a Premier League em um comunicado oficial. As ligas da Espanha, Itália, França e Alemanha já estão usando VAR, que permite que os incidentes em disputa sejam revisados no uso de replays. A tecnologia foi usada na Copa do Mundo na Rússia este ano.

Árbitro consulta o VAR em partida da Copa Libertadores 20/09/2018  REUTERS/Ivan Alvarado
Árbitro consulta o VAR em partida da Copa Libertadores 20/09/2018 REUTERS/Ivan Alvarado
Foto: Reuters

O pedido da Premier League vem depois de lances polêmicos como no empate por 1 a 1 entre Southampton e Watford, no último fim de semana.

A primeira divisão inglesa foi uma das primeiras ligas a adotar a tecnologia da linha do gol em 2013, mas havia votado por unanimidade contra o VAR antes da temporada 2018/2019 com o intuito de que mais testes fossem feitos a este sistema.

Os testes realizados na Copa da Liga Inglesa nesta temporada receberam várias críticas, com os fãs reclamando que as decisões eram tomadas sem que o público tivesse conhecimento do motivo da discussão. "O programa de testes da Premier League permanecerá no lugar para o resto desta temporada, com uma ênfase contínua nas tardes de sábado, que têm vários jogos sendo jogados simultaneamente", acrescentou a liga.

O uso do VAR foi aclamado como um sucesso pela Fifa após a Copa do Mundo da Rússia, que viu 455 incidentes serem verificados em 64 jogos, o que corresponde a uma média de 7,1 lances por jogo. Esses incidentes levaram a 20 revisões, com 17 decisões alteradas como resultado.

O ex-árbitro inglês Mark Halsey acredita que o tempo é certo para a liga usar a tecnologia, o que deve ajudar os juízes para tomarem decisões corretas em lances importantes dos jogos.

"Eu acho que é uma coisa boa. Eu sei que muitas pessoas são contra isso, mas temos que abraçá-lo agora e seguir em frente", disse Halsey. "Nós tivemos vários lances nesta temporada que foram incorretos. Eu acho que, desde que tenhamos o treinamento e a educação corretos, e nós temos o pessoal certo, essa é a coisa mais importante para mim".

Após aprovação na Uefa, o VAR também será usado na Liga dos Campeões da Europa a partir da próxima temporada.

Veja também:

 
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade