0

City se 'vinga' do Tottenham após jogo histórico e lidera

20 abr 2019
10h31
atualizado às 10h42
  • separator
  • comentários

Após eliminação na Liga dos Campeões, City vence Tottenham por 1 a 0 com gol de jovem Phil Foden três dias após a homérica batalha na Liga dos Campeões, o Manchester City venceu o Tottenham por 1 a 0 no Etihad Stadium, pela 35ª rodada do Campeonato Inglês. Com o resultado, os Citizens voltaram à liderança, ainda que momentaneamente, já que o Liverpool joga apenas no domingo contra o Cardiff. É válido lembrar que os comandados de Guardiola têm uma partida atrasada.

Foto: Reuters

Com três mudanças na equipe titular, a entrada de Phil Foden, de apenas 18 anos, foi a de maior destaque. O jovem meio-campista foi o autor do único gol da partida, logo aos quatro minutos, na primeira chegada ao ataque. Como era de se esperar, o jogo foi bastante movimentado e com chances para ambos os lados, porém, o resultado não foi modificado e o gol de Foden deu a liderança ao City novamente. Destaque também para a substituição de De Bruyne, que sentiu e foi trocado pelo brasileiro Fernandinho ainda no primeiro tempo.

Agora, os Citizens somam 86 pontos, um a mais que o Liverpool, que encara o Cardiff neste domingo, às 12h (de Brasília), enquanto o Tottenham, sem chance de título, permanece em terceiro com 67 - a grande pretensão é assegurar a vaga para a Liga dos Campeões da próxima temporada. A briga segue embolada com Arsenal (66), Chelsea (6) e Manchester United (64).

Na próxima rodada, o Manchester City fará uma partida atrasada da 31ª rodada, contra o United, no Old Trafford, às 16h (de Brasília). Enquanto isso, os Spurs têm um período menor de descanso e enfrentam o Brighton na terça-feira, às 15h40, também em partida atrasada, mas da 33ª rodada.

O jogo

Mal o árbitro apitou o jogo e Son colocou Ederson para trabalhar após drible em Walker. A resposta, porém, foi certeira: na primeira chegada do City, Bernardo Silva fez jogada pelo lado direito, levantou para Aguero, que apenas escorou de cabeça e deu para o jovem Phil Foden cabecear e abrir o placar no Etihad Stadium. O gol deu mais gás à partida e Eriksen, após passe de Lucas Moura, se livrou da marcação e ficou cara a cara com Ederson, que realizou uma boa defesa e evitou o empate.

Em seguida, Son recebeu lançamento e ia em direção ao gol quando Laporte, providencial, fez corte e evitou uma possível investida. A resposta veio com Bernardo Silva: ele avançou pela direita, invadiu a área e caiu após dividida, mas o árbitro mandou seguir. Depois, Foden quase ampliou em jogada com o português. O bom momento do City continuou, com Sterling primeiro e depois novamente com Bernardo Silva, em duas oportunidades.

O Tottenham ressuscitou, após uma série de investidas adversárias, no final da primeira etapa, com lance entre Foyth e Lucas Moura, cortado por Ederson, e depois com Son, que faria um golaço após sair de quatro jogadores se não fosse, novamente, o goleiro brasileiro.

No retorno do intervalo, o City continuou indo para cima. Walker avançou pela direita e cruzou para Aguero, que chutou mas foi travado. A bola ainda sobrou para Foden, mas ele chutou para fora. Mais cauteloso no segundo tempo, os donos da casa só foram chegar claramente ao gol novamente aos 26 minutos, quando Gundogan abriu para Sané e passou para trás, para Sterling. O atacante bateu no contra-pé de Gazzaniga, que fez uma espetacular defesa com o pé e mandou a bola para longe.

O troco veio logo em seguida, quando Lucas Moura tentou as redes duas vezes seguidas, ambas paradas por Ederson. No fim, duelo truncado, mais faltoso e com estranhamento entre Vertonghen e Sterling, que levaram cartões amarelos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade