0

Burnley repudia faixa de torcedores antes da partida contra o City: "Não são bem-vindos"

22 jun 2020
19h59
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Faixa exibida antes da partida entre Manchester City e Burnley, nesta segunda-feira

Antes da goleada do City sobre o Burnley por 5 a 0, um avião com uma faixa "White Lives Matter - Burnley" (vidas brancas importam) sobrevoou o Etihad Stadium. A mensagem ironiza o movimento antirracista "Black Lives Matter" (vidas negras importam), apoiado pela Premier League e criado após a morte do norte-americano George Floyd. Através de uma nota oficial publicada nas redes sociais do clube, o Burnley repudiou a ação.

"O Burnley Football Club condena veementemente as ações dos responsáveis pela aeronave e pela faixa ofensiva que sobrevoaram o Etihad Stadium na noite de segunda-feira. Desejamos deixar claro que os responsáveis não são bem-vindos em Turf Moor (estádio do Burnley). Isso não representa de forma alguma o que o Burnley Football Club representa e trabalharemos plenamente com as autoridades para identificar os responsáveis e emitir proibições vitalícias", afirmou o time grená.

"O clube tem um histórico orgulhoso de trabalhar com todos os sexos, religiões e crenças através de seu premiado esquema comunitário, e se opõe a qualquer tipo de racismo. Estamos totalmente por trás da iniciativa 'Black Lives Matter' da Premier League e, de acordo com todos os outros jogos da Premier League realizados desde o Project Restart, nossos jogadores e equipe de futebol de bom grado se ajoelharam no início do Manchester City. Pedimos desculpas sem reservas à Premier League, ao Manchester City e a todos aqueles que ajudam a promover o 'Black Lives Matter'", complementou.

Durante todos os jogos na rodada de retomada do Campeonato Inglês, os jogadores usaram a frase "Black Lives Matter" nas costas e se ajoelharam em protesto antes do apito inicial. O Burnley está em 11º lugar, com 39 pontos depois de 30 jogos.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade