PUBLICIDADE

Assistente do Liverpool testa positivo para Covid-19 e clube pede adiamento do jogo contra o Arsenal

5 jan 2022 08h50
| atualizado às 08h50
ver comentários
Publicidade

O Liverpool informou, na manhã desta quarta-feira, que o assistente técnico Pepijn Lijnders testou positivo para covid-19 e não poderá comandar o elenco contra o Arsenal, pela Taça da Liga, na quinta.

Lijnders iria substituir o técnico Jurgen Klopp, que também está infectado pelo vírus. Na nota oficial, o clube pediu que a partida fosse adiada pela série de casos entre jogadores e comissão técnica.

O holandês de 38 anos ficou à beira do campo no empate contra o Chelsea, pelo Campeonato Inglês, e deveria dar continuidade no trabalho no duelo desta quinta-feira.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade