0

Após torcida atirar garrafa em Di Maria, Uefa abre processo disciplinar contra o United

13 fev 2019
16h36
atualizado às 16h57
  • separator
  • comentários

Na noite da última terça-feira, o Manchester United saiu derrotado por 2 a 0 para o Paris Saint-Germain pela Liga dos Campeões, e se complicou na tentativa de avançar até às quartas de final do torneio. Para deixar a situação ainda mais difícil, a Uefa abriu um processo disciplinar contra os Diabos Vermelhos, depois da torcida atirar garrafas em Di Maria.

Di Maria defendeu o United na temporada 2014/2015, mas não deixou nenhuma saudade. No reencontro com a torcida, foi xingado e vaiado durante os 90 minutos. Quando foi cobrar um escanteio, uma garrafa de cerveja foi atirada em sua direção.

Para retribuir a provocação, o atleta fingiu que ia beber. O argentino foi fundamental no triunfo do Paris, dando duas assistências para os gols anotados por Kimpimbe e Mbappé. No dia 28 de fevereiro, de acordo com o Guardian, a entidade máxima divulgará a punição ao clube inglês.

Com o placar, o PSG pode até perder por um gol de diferença que irá passar para a próxima fase da Champions League. Por outro lado, os franceses podem ser punidos em função do comportamento da torcida no setor visitante no Old Trafford.

No dia 6 de março, Paris e Manchester United farão o duelo de volta, no Parque dos Príncipes, na capital francesa, às 17h00 (horário de Brasília).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade