PUBLICIDADE

Fifa diz que Copa a cada 2 anos pode ajudar África

Gianni Infantino manteve o discurso da mudança no torneio mesmo após inúmeras críticas

26 jan 2022 14h04
| atualizado às 14h07
ver comentários
Publicidade
Gianni Infantino, presidente da Fifa, quer disputa da Copa do Mundo a cada dois anos (Foto: GIUSEPPE CACACE/AFP)
Gianni Infantino, presidente da Fifa, quer disputa da Copa do Mundo a cada dois anos (Foto: GIUSEPPE CACACE/AFP)
Foto: Lance!

Nos últimos meses, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, polemizou ao dizer que gostaria de realizar a Copa do Mundo a cada dois anos. Mesmo após as massivas críticas de torcedores em geral, além de outras entidades, como a Uefa, o mandatário reforçou o desejo da mudança e disse que a mesma pode ajudar as seleções africanas.

- Vemos o futebol a desenvolver-se para uma direção onde alguns têm tudo e a maioria não tem nada. Na Europa, o Mundial é realizado duas vezes por semana porque os melhores jogadores do mundo jogam lá. Temos de incluir o mundo inteiro, especialmente a África - disse Infantino, durante uma reunião do Conselho da Fifa, antes de emendar:

- Temos de dar aos africanos a esperança de que eles não têm de atravessar o Mediterrâneo para que possam ter uma vida melhor aqui. Temos de dar-lhes oportunidades e dignidade. Na Europa demorou séculos para que houvesse uma mudança. Há muito a ser feito, muito a mudar - completou o presidente da Fifa.

 

Lance!
Publicidade
Publicidade