PUBLICIDADE

Ex-Real Madrid critica clima do vestiário do clube

6 out 2021 09h41
| atualizado às 09h41
ver comentários
Publicidade

Após ser negociado pelo Real Madrid por ter poucos minutos em campo, o meia Martin Odegaard vem ganhando sequência no Arsenal, time em que atua desde janeiro de 2021. Em entrevista ao canal norueguês TV2, o jogador de 22 anos criticou o clima do vestiário do time espanhol, mas afirmou que período no clube o fortaleceu.

"Quando você está no nível mais alto, não é tão fácil fazer amigos e esse tipo de coisa. Pelo menos não quando você é jovem e vem de outro lugar. Às vezes pode ser difícil. Mas me tornou mais forte e estou feliz por ter vivido isso", disse.

"Você vive um pouco da sua vida fora. Você se torna mais abandonado. Pode não ser a cultura do vestiário que você está acostumado de estar um pouco mais perto de casa. É diferente", completou.

O atleta comentou a diferença entre os vestiários de Real e Arsenal.

"É muito grande (a diferença), eu diria. Acho que é um pouco assim nos clubes maiores. Fica um pouco mais disperso e tudo mais. Estou muito feliz onde estou agora, um camarim e um ambiente muito bons", afirmou.

Odegaard foi contratado pelo Real Madrid em 2015. Apesar da expectativa colocada no jovem, o meia teve pouco espaço no clube espanhol e acabou sendo emprestado para outras equipes até ser negociado com os Gunners.

O norueguês também comentou sobre sua saída do clube.

"Não importa em que nível você jogue, nunca é o caso de alguém dizer que você tem garantia de jogar todos os jogos. Você sempre tem que conquistar a confiança e merecer o lugar. Sempre depende de você, mas é claro que é importante se sentir amado e sentir que o clube conta com você", finalizou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade