1 evento ao vivo

'Voltando com estilo', diz Immobile após 100% da Itália nas Eliminatórias da Euro

Seleção italiana está com uma série de sete vitórias seguidas, incluindo amistoso contra os Estados Unidos, em novembro do ano passado

9 set 2019
16h40
atualizado às 16h40
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Quase dois anos depois de passar pela situação vergonhosa de não conseguir se classificar para a Copa do Mundo da Rússia - fato que não acontecia desde 1958 -, a seleção da Itália parece ter se encontrado em campo. Com seis vitórias em seis jogos nas Eliminatórias, o time comandado pelo técnico Roberto Mancini está a apenas um triunfo da classificação à Eurocopa de 2020, que terá a sua partida de abertura no estádio Olímpico, em Roma.

"Depois da decepção da Copa do Mundo, estamos voltando com estilo", afirmou o centroavante Ciro Immobile, da Lazio, que marcou um dos gols da vitória sobre a Finlândia por 2 a 1, no domingo, em Helsinque, que deixou os italianos muito perto de jogar a fase final da competição europeia no ano que vem. A vaga poderá ser confirmada contra a Grécia, no dia 12 de outubro, na capital italiana.

Além de derrotar a Finlândia, a Itália bateu a Armênia por 3 a 1, fora de casa, na última quinta-feira, pelas Eliminatórias. Essas vitórias vieram com um time desfalcado por jogadores importantes para Roberto Mancini como o zagueiro e capitão Giorgio Chiellini, que sofreu grave lesão no joelho em um treinamento da Juventus, e o atacante Lorenzo Insigne, do Napoli.

Incluindo um amistoso contra os Estados Unidos em novembro do ano passado, a seleção da Itália está com uma série de sete vitórias seguidas, a apenas dois de igualar o recorde do time comandado pelo técnico Vittorio Pozzo na década de 40, logo depois do final da Segunda Guerra Mundial. A última vez que os italianos tinha ganhado sete vezes consecutivas foi em 2003 sob o comando de Giovanni Trapattoni.

"Com qualidade no passe e com os atacantes que temos, sabemos que o gol vai sair logo", disse o zagueiro Francesco Acerbi, da Lazio. "Temos muitos jogadores jovens, então às vezes cometemos erros. Mas estamos fazendo um bom trabalho considerando o pouco tempo de treino que temos como grupo", completou.

Veja também:

Os ótimos números de Evander pelo Midtjylland, da Dinamarca
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade