PUBLICIDADE

Invicta e confiante, Inglaterra encara a Ucrânia pelas quartas de final da Eurocopa

Partida no estádio Olímpico de Roma, na Itália, começa às 16h (horário de Brasília)

3 jul 2021 05h10
| atualizado às 05h10
ver comentários
Publicidade

A Inglaterra pode dar mais um passo para finalmente encerrar o jejum de títulos que incomoda tanto seus torcedores. Neste sábado, às 16h (horário de Brasília), a equipe do técnico Gareth Southgate encara a Ucrânia, treinada por Andriy Shevchenko, no estádio Olímpico de Roma. Os ingleses tentam conter a euforia e o favoritismo para seguir na luta pelo seu primeiro título da Eurocopa.

Invicta no torneio, com a confiança alta após a vitória sobre a Alemanha por 2 a 0 nas quartas de final e com quase todos os jogadores à disposição, Southgate afirmou que seus jogadores estão focados nos objetivos.

"Logo depois do apito final contra a Alemanha, os jogadores já estavam falando do próximo jogo. Ainda não chegamos no ponto que queremos. Tem sido fácil ajeitar o foco a cada novo desafio. A confiança está lá, a vontade está lá. Apesar das tensões contra a Alemanha, foram só 90 minutos. Acredito que todos estão bem. Os jogadores estão todos em ótimas condições", disse o técnico.

O zagueiro Harry Maguire também participou da entrevista e comentou sobre o fato de a Inglaterra ainda não ter levado nenhum gol em quatro jogos na Eurocopa. Ele preferiu dividir os méritos com toda a equipe.

"Você pode julgar pelos gols que não temos tomado. Temos um grande goleiro também, atacantes que estão colaborando exaustivamente lá na frente. É um grande esforço de todos, não só dos defensores. Como um zagueiro central fico feliz por não termos sofrido nenhum gol. Mas a Ucrânia tem jogado muito bem", alertou.

A Inglaterra não conquista um título desde 1966, quando venceu a Copa do Mundo disputada em casa. O jogo deste sábado será o único dos ingleses longe de Wembley nesta edição do torneio. Se avançar, jogará a semifinal na quarta-feira em seu estádio, palco da grande decisão do dia 11 de julho.

Do outro lado, a Ucrânia disputa pela primeira vez as quartas de final do torneio. Shevchenko elogiou muito o adversário deste sábado em sua entrevista.

"Nós sabemos exatamente quem vamos enfrentar. É um dos melhores times dessa Eurocopa. Muito equilibrado, com grandes jogadores. O trabalho do Southgate também merece destaque. A equipe deles joga mais do que futebol. O futebol inglês vive hoje um dos melhores momentos de sua história. Sabemos que será o jogo mais difícil para nós", disse.

Outro jogo

Mais cedo, às 13h (horário de Brasília), República Checa e Dinamarca decidem outra vaga na semifinal da Eurocopa. O jogo será em Baku, no Azerbaijão. Kasper Hjulmand, técnico da seleção dinamarquesa, afirmou ontem em sua entrevista que "a República Checa é uma equipe fantástica. Preferia enfrentar a Holanda" - os checos eliminaram os holandeses nas oitavas de final do torneio.

Estadão
Publicidade
Publicidade