1 evento ao vivo

Retrospectiva

De Medina a CR7: veja atletas que arrebentaram em 2014

Christoph Ena / AP
29 dez 2014
11h20
atualizado em 8/1/2015 às 19h21
  • separator
  • comentários

Com 2015 se aproximando, o Terra decidiu refletir sobre o ano que passou e destacar sete atletas que tiveram um 2014 para ficar na memória. Nem todos foram os melhores do mundo em suas categorias. Alguns, como Vanderlei Luxemburgo, guardarão este ano como aquele em que ele voltou a ser respeitado pela sua capacidade profissional.

Outros, como Mayra Aguiar e Gabriel Medina, alcançaram feitos inéditos em suas carreiras ao subirem no lugar mais alto do pódio em diferentes categorias. Confira a seguir quem lembrará de 2014 com muito carinho.

Gabriel Medina

Gabriel pede mais apoio ao surfe brasileiro
Gabriel pede mais apoio ao surfe brasileiro
Foto: Douglas Pingituro / Futura Press
Foto: Douglas Pingituro/Futura Press

Maior expoente de uma nova safra de surfistas brasileiros, o paulista de Maresias conquistou um feito inédito após o outro durante todo 2014.  Em março, Medina levantou o título da etapa de Gold Coast do WCT, um bom presságio para o que viria em dezembro: o primeiro título mundial da principal categoria do surf de um atleta brasileiro. O jovem de 21 anos igualou o mito Kelly Slater ao sagrar-se campeão aos 20 anos, entrando para a história como o mais novo vencedor do circuito.

Fabrício Werdum

Campeón Fabricio Werdum estuvo de visita en Porto Alegre.
Campeón Fabricio Werdum estuvo de visita en Porto Alegre.
Foto: Jefferson Bernardes / InovaFoto
Foto: Jefferson Bernardes/Inovafoto

Ao lado de José Aldo, Werdum é o brasileiro em melhor fase no UFC. O gaúcho venceu os dois combates que disputou em 2014, o segundo deles em novembro. Depois de derrotar Mark Hunt, o atleta recebeu o cinturão interino dos pesados, já que a luta era para ter sido contra o campeão  Cain Velasquez. Lesionado, o americano não pode lutar contra o brasileiro. A disputa pelo cinturão unificado entre os dois deve acontecer em 2015.

Mayra Aguiar

Mayra Aguiar no pódio do Mundial de Judô
Mayra Aguiar no pódio do Mundial de Judô
Foto: IJF Media/G. Sabau and Zahonyi / Divulgação
Foto: Divulgação

Aos 23 anos, a judoca brasileira da categoria até 78 kg sagrou-se campeã mundial na Rússia, conseguindo o título que bateu na trave nos três campeonatos anteriores. Desde 2010, Mayra sempre levou uma medalha nas maiores competições do judô que participou. Nos mundiais de Paris e Rio de Janeiro, em 2011 e 2013, e na Olimpíada de Londres, em 2012, a gaúcha ficou com a medalha de bronze. Seu melhor resultado continuava sendo a prata no Mundial de Tóquio em 2010. O ouro conquistado em 2014 foi um prêmio à perseverança da judoca, que teve que se recuperar de cirurgias antes de retornar aos tatames.

Sergio Ramos

Sérgio Ramos levou a Bola de Ouro do Mundial de Clubes
Sérgio Ramos levou a Bola de Ouro do Mundial de Clubes
Foto: Christoph Ena / AP
Foto: Christophe Ena/AP

O zagueiro do Real Madrid fez parte da desastrosa campanha da Espanha na Copa do Mundo, mas esteve longe de ser o motivo do fracasso dos então campeões mundiais. Pelo seu clube, o defensor foi decisivo não só pelas suas atuações protegendo a meta de Casillas e Diego López, mas por aparecer como artilheiro em momentos decisivos. Foi por causa de um gol dele de cabeça que o time da capital espanhola levou o duelo contra o Atlético de Madrid, a final da Liga dos Campeões, para a prorrogação. Nela, os comandados de Carlo Ancelotti garantiram a esperada "Decima" e a passagem para o Mundial de Clubes, no qual Sergio Ramos foi escolhido como melhor jogador da competição.

Vanderlei Luxemburgo

Foto: Alexandre Loureiro / Getty Images
Foto: Alexandre Schneider/ Getty Images

Sem conquistar títulos desde 2010, quando foi campeão mineiro pelo Atlético-MG, o técnico recuperou respeito nesta temporada em sua passagem pelo Flamengo. Depois de comandar o Fluminense em 2013, Luxemburgo ficou um longo período desempregado. Ao assumir seu time do coração neste ano, o treinador conseguiu montar uma equipe competitiva com jogadores de pouco nome, tirando o clube do fim da tabela e terminando o Campeonato Brasileiro no 10º lugar, além de ter ido até a semifinal da Copa do Brasil.

Everton Ribeiro

Foto: Gil Leonardi / Agência Lance
Foto: Gil Leonardi/Agência Lance

O craque do Cruzeiro bicampeão brasileiro teve um 2014 ainda melhor que o 2013. Campeão mineiro e nacional, o jogador voltou a ser escolhido como o melhor atleta da maior competição do País e teve as primeiras oportunidades na Seleção Brasileira, com o técnico Dunga. Com a camisa amarela, Everton Ribeiro teve bom desempenho, o que deve garantir mais oportunidades ao lado de Neymar e companhia em 2015.

Cristiano Ronaldo

Foto: Daniel Tejedor / AP
Foto: Daniel Tejedor/AP

Prestes a completar 30 anos, o astro do Real Madrid não dá sinais de regressão física e técnica em um momento da carreira no qual é comum atletas terem uma queda de rendimento. O atacante manteve a média de mais de um gol por jogo desde que chegou à Espanha e, de quebra, foi premiado com a Bola de Ouro pela segunda vez, quebrando a sequência de quatro troféus levantados por Messi. Além disso, foi o principal jogador do time que conquistou a 10ª Liga dos Campeões da história da equipe madrilena. O único ponto negativo do 2014 de Cristiano Ronaldo foi a participação apagada na Copa do Mundo, competição que disputou com um problema no joelho.

Ana Marcela Cunha e Allan do Carmo

Foto: CBDA / Divulgação

Foto: Christoph Ena/AP

Os nadadores de águas abertas Allan do Carmo e Ana Marcela Cunha também tiveram um 2014 memorável, com direito a premiação de melhores do ano durante a Noite das Estrelas, evento organizado pela Federação Internacional de Natação (Fina) em Doha. Ana Marcela se sagrou tricampeã mundial neste ano e ainda subiu ao pódio em todas as etapas da Copa do Mundo, com cinco ouros. Allan, por sua vez, venceu o Circuito Mundial pela primeira vez na carreira, tornando-se também o primeiro brasileiro a atingir o feito.

Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade