Cinco curiosidades sobre o clássico entre Real Madrid e Atlético de Madrid

4 mar 2021
17h12 atualizado às 17h12
0comentários
17h12 atualizado às 17h12
Publicidade

A capital espanhola tem dois dos melhores times do futebol europeu, Real Madrid e Atlético de Madrid. As equipes se enfrentarão no próximo domingo, às 12h15 (de Brasília), no Wanda Metropolitano, pela 26ª rodada do Campeonato Espanhol. Os comandados de Diego Simeone estão na liderança do torneio, com cinco pontos de vantagem para o rival, atual terceiro colocado. Confira cinco curiosidades sobre o clássico.

1. O Atlético foi fundado em resposta ao Real Madrid

Um grupo de estudantes bascos residentes em Madri participaram da primeira final da Copa do Rei em 1903, entre o Athletic Club de Bilbao e o Madrid FC, time que se tornaria mais tarde o Real Madrid. Eles não gostaram da forma como o Madrid FC jogou e 18 dias depois criaram uma subsidiária do Atlético de Madrid, que viria a ser o clube atual.

2. O Atlético ficou 14 anos sem vencer um clássico, mas agora a história é muito diferente

Entre 1999 e 2013, o clássico foi um inferno para o Atlético de Madrid. O time não vencia há 25 jogos, até que a chegada de Diego Simeone mudou tudo. Desde a vitória da equipe vermelha e branca na final da Copa do Rei em 2013, o equilíbrio mudou: eles venceram nove dos 30 clássicos disputados em todas as competições, empataram 10 e perderam 11. O saldo no Campeonato Espanhol é de quatro vitórias e quatro derrotas em 15 duelos.

3. No passado, o Atlético comemorava seus títulos na Fonte de Cibeles

Na década de 1970, na Espanha, os primeiros torcedores começaram a sentir a necessidade de comemorar os títulos de seus times com seus "irmãos do futebol". A Fonte de Cibeles, localizada no centro de Madri, foi um ponto de encontro ideal para este tipo de aglomeração. E acredita-se que os torcedores do Atlético foram os primeiros a visitarem o local quando os "Colchoneros" conquistaram o título do Espanhol em 1977. Assim, por pura imitação, toda vez que havia uma festa do futebol, a Fonte de Cibeles era o principal encontro da cidade, incluindo as conquistas da seleção espanhola e também do Real Madrid, durante a época dourada de "La Quinta del Buitre" nos anos 1980. Quando o Atlético voltou a erguer uma taça em 1991 (Copa do Rei), a torcida decidiu mudar de lugar para celebrar e foi para a Fonte de Neptuno, ao invés da Fonte de Cibeles, para criar uma distinção clara em relação ao Real Madrid.

4. Este jogo costumava ser mais importante do que contra o Barcelona

Hoje, o principal rival do Real Madrid é o Barcelona, mas o clássico da capital foi muito mais importante nas primeiras duas décadas após o final da Guerra Civil Espanhola em 1939. Como o grande Alfredo Di Stéfano disse uma vez: "Esqueça o Barcelona, o time que pode nos frustrar é o Atlético".

5. Nove dos títulos do Atlético na Copa do Rei foram no Bernabéu

O Estádio Santiago Bernabéu do Real Madrid é, curiosamente, um lugar muito especial para a torcida do Atlético de Madrid. Os "Colchoneros" venceram a Copa do Rei 10 vezes, das quais nove foram no estádio do rival. Dos 10 triunfos na final da Copa, apenas a vitória de 1996 sobre o Barcelona aconteceu em um local diferente: La Romareda, do Real Zaragoza.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade