6 eventos ao vivo

Porto vence de virada e mantém vantagem sobre o Benfica

23 dez 2018
20h00
atualizado às 20h00
  • separator
  • comentários

O Porto encerrou 2018 com um resultado importante no Campeonato Português. O líder da competição recebeu o Rio Ave e teve mais trabalho do que se esperava, mas venceu de virada por 2 a 1. O time visitante abriu o placar com Carlos Vinícius, mas sofreu a virada com gols de Brahimi e Marega.

A vitória deixa o Porto com 36 pontos em 14 rodadas. Além disso, a equipe dos brasileiros Éder Militão, Felipe, Alex Telles e Tiquinho Soares mantém os quatro pontos de vantagem para o Benfica, que foi a 32 e assumiu a vice-liderança após golear o Braga por 6 a 2. O Rio Ave continua com 19 pontos e termina a rodada na décima posição.

Todos os gols da partida aconteceram no primeiro tempo. O time visitante surpreendeu e abriu o placar aos 11 minutos, quando Carlos Vinícius recebeu lançamento de Gelson, invadiu a área, driblou Casillas e finalizou com o gol aberto.

Mal deu tempo do Rio Ave comemorar. Aos 15 minutos, após cruzamento na área, a defesa falhou e deixou Brahimi livre na pequena área. O meia não perdoou e empatou a partida. A virada veio pouco depois, aos 25 minutos pelos pés de Marega. O artilheiro invadiu a área e, mesmo marcado, conseguiu finalizar e vencer o goleiro brasileiro Léo.

No segundo tempo, o Rio Ave teve a difícil missão de evitar a derrota para o Porto fora de casa e não conseguiu. O time local dominou o jogo e poderia ter ampliado o placar já aos dois minutos, quando Tiquinho Soares acertou voleio firme e mandou a bola rente ao travessão na melhor chance do time na partida. Ainda deu tempo de o lateral Fábio Coentrão, ex-Real Madrid, ser expulso nos acréscimos.

Benfica goleia Braga em confronto direto

O Porto manteve a diferença de quatro pontos para o Benfica, mas o agora vice-líder fez sua parte. Em confronto direto pelas primeiras posições, o clube de Lisboa recebeu o Braga, que começou a rodada na terceira posição, e não tomou conhecimento do adversário: goleou por 6 a 2, chegou a 32 pontos e passará a virada do ano como o principal perseguidor do Porto.

A vitória do Benfica começou a ser construída no primeiro tempo. Aos 18 minutos, Pizzi abriu o placar com um belo gol. O meio-campista recebeu de Grimaldo na ponta esquerda, cortou para a direita e finalizou com categoria. Aos 38 minutos, o zagueiro brasileiro Jardel ampliou de cabeça após cobrança de escanteio.

No segundo tempo de seis gols, a vitória virou goleada. Logo aos dois minutos, Grimaldo aproveitou descuido da defesa para fazer 3 a 0. Aos cinco, no entanto, o artilheiro do campeonato Dyego Souza marcou de cabeça, diminuiu a diferença e deu esperanças ao Braga.

Mesmo assim, o domínio do Benfica era enorme. Aos oito minutos, Jonas recebeu livre na área fez 4 a 1 no placar. Aos 17 minutos, Cervi aproveitou nova falha de marcação e deixou o seu. Já aos 21, André Almeida acertou um lindo voleio para marcar o sexto gol do Benfica na partida. João Novais, aos 27 minutos, conseguiu descontar, mas o buraco era fundo demais.

Sporting perde para o Vitória de Guimarães e perde a vice-liderança

O Sporting começou a 14ª rodada do Campeonato Português na vice-liderança, mas acabou perdendo a posição para o Benfica. Jogando fora de casa contra o Vitória de Guimarães, o clube da capital foi derrotado por 1 a 0 e termina a rodada na terceira posição, com 31 pontos. O Vitória de Guimarães foi a 25 pontos e continua na quinta posição.

Apesar de entrar em campo com o favoritismo, o Sporting não conseguiu se impor em campo. Pelo contrário, o Vitória de Guimarães jogou melhor e abriu o placar aos 26 minutos com Tozé, que contou com a sorte. O atacante chutou de fora da área e a bola desviou no zagueiro Mathieu antes de entrar no gol de Renan Ribeiro.

No segundo tempo, o Sporting levou um grande susto aos dez minutos. Após falha da defesa, o goleiro Renan Ribeiro saiu mal do gol, cometeu falta em guedes e recebeu cartão vermelho. No entanto, após consulta ao VAR, a arbitragem marcou impedimento do atacante, anulando a falta e o cartão para o brasileiro.

Precisando do resultado, o Sporting partiu para cima em busca do gol de empate, mas não demonstrou eficiência. Bas Dost, vice-artilheiro do campeonato, foi o melhor do ataque visitante, mas não estava em seus melhores dias. Renan Ribeiro, por outro lado, teve boa atuação e manteve sua equipe viva no jogo. Mesmo assim, o Vitória de Guimarães saiu de campo com a vitória pelo placar mínimo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade