PUBLICIDADE

Rivais nesta terça, Guardiola torce por Messi no PSG: 'O importante é ele estar feliz'

Treinador do Manchester City comenta sobre o encontro com o craque argentino, com quem trabalho no Barcelona, no confronto desta terça-feira na Liga dos Campeões

27 set 2021 12h58
| atualizado às 12h58
ver comentários
Publicidade

Na véspera do confronto entre Paris Saint-Germain e Manchester City, em Paris, pela segunda rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa, o espanhol Pep Guardiola, técnico da equipe inglesa, comentou sobre a saída de Lionel Messi do Barcelona para o clube francês. O treinador afirmou que foi pego de surpresa com a transferência, mas que torce pela felicidade do craque argentino.

"Foi uma surpresa para todos. Agora, todo mundo aceita (a saída de Messi do Barcelona). Há muito tempo era inimaginável, mas aconteceu. Na vida você nunca sabe o que irá se passar. O importante é ele estar feliz em Paris", disse Guardiola em entrevista coletiva.

Apesar de comentar sobre o craque argentino, o atual camisa 30 do Paris Saint-Germain não tem presença garantida para o duelo desta terça-feira. O argentino passou os últimos dias se recuperando de uma lesão no joelho, sofrida há cerca de 10 dias em uma partida pelo Campeonato Francês, e pode iniciar o confronto no banco de reservas. Neste fim de semana, ele não foi relacionado para o jogo contra o Montpellier, vencido pela equipe parisiense por 2 a 0, para ser preservado para o confroonto da da Liga dos Campeões.

"Aquilo que o Messi fez na sua carreira é mais do que excepcional e espero que ele jogue amanhã (terça-feira) para benefício do jogo. O PSG na temporada passada foi uma equipe fantástica, jogavam unidos e agora tem o Messi. São um enorme candidato (ao título). Vai ser um novo jogo, uma nova fase de grupos e será diferente. Vamos ver", afirmou Guardiola.

O argentino jogou por muitos anos ao serviço do treinador espanhol no Barcelona. Por isso, Guardiola sabe o que virá pela frente nesta terça-feira. "Temos de jogar de forma compacta. Muita ajuda de todos porque vamos sofrer. É preciso saber lidar com o sofrimento. É o mesmo do último jogo, temos de saber sofrer durante 90 minutos", completou.

Na primeira rodada, o Paris Saint-Germain tropeçou fora de casa diante do Brugge — empate por 2 a 2 — e busca uma recuperação na tabela de classificação. Já o Manchester City goleou o RB Leipzig, da Alemanha, por 6 a 3, na Inglaterra, e lidera o Grupo A.

Estadão
Publicidade
Publicidade