1 evento ao vivo

Nova lesão de Neymar deixa Tite em alerta na Seleção

Treinador teme que eventual fracasso na Copa América represente o fim de sua passagem no comando técnico brasileiro

24 jan 2019
13h34
atualizado às 13h53
  • separator
  • 0
  • comentários

Ao deixar o campo chorando, no Parque dos Príncipes, durante jogo do Paris Saint-Germain com o Strasbourg, pela Copa da França, nessa quarta (23), Neymar passou a ser uma incógnita para o PSG e também para a Seleção Brasileira nos próximos meses. O clube confirmou que ele sentiu fortes dores num dos ossos do pé direito, numa reedição do problema que teve meses antes do Mundial de 2018.

Neymar se lesionou na partida entre PSG e Strasbourg (23/01/2019)
Neymar se lesionou na partida entre PSG e Strasbourg (23/01/2019)
Foto: Charles Platiau / Reuters

O risco de ter sua preparação comprometida para a disputa da Copa América, em junho, é real. As especulações sugerem que ele pode até passar por outra cirurgia. Por tudo isso, o técnico Tite já manifestou preocupação entre seus auxiliares.

Ele não pode deixar de contar com Neymar na Copa América, nem mesmo tê-lo fora das condições ideais. Isso certamente afetaria o rendimento do time. O temor de Tite é que um eventual fracasso do Brasil na competição, do qual será o país-sede, teria tudo para representar o fim de sua passagem pela Seleção.

A cúpula da CBF garante que Tite continuará no cargo, independentemente do que ocorrer na Copa América. Mas a palavra de dirigentes esportivos, pelo menos no Brasil, não tem credibilidade. Até o mais inocente dos torcedores sabe que uma nova frustração da Seleção, em casa, levaria a confederação a mudar o comando da equipe.

Em fevereiro de 2018, Neymar fraturou o quinto metatarso (osso longo no meio do pé), no caso, do pé direito, e passou por cirurgia em março. Só voltou a atuar na preparação final da Seleção, em junho, para a disputa do Mundial. O Departamento Médico da CBF deve entrar em contato ainda nesta quinta (24) com o clube francês para saber mais detalhes da lesão.

Veja também:

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade