PUBLICIDADE

Neymar aciona cláusula de renovação com o PSG até 2027 e dificulta saída, diz imprensa francesa

Jogador ativa dispositivo de contrato e amplia em mais uma temporada seu vínculo com o clube parisiense

1 jul 2022 - 16h29
(atualizado às 16h40)
Ver comentários
Publicidade

Neymar ativou nesta sexta-feira uma cláusula no contrato que tem com o Paris Saint-Germain ampliando seu vínculo com o clube até 2027, afirmam veículos da imprensa francesa, como L'Équipe e Le Parisien. O dispositivo tem caráter automático e poderia ser acionado caso fosse da vontade do atleta. O acordo anterior previa o fim de relação entre atleta e clube em 2026.

Nas últimas semanas, cresceram as especulações sobre uma possível saída de Neymar do clube francês na próxima temporada. O brasileiro já teria sido informado da decisão do PSG de não contar mais com ele. A decisão passaria por um pedido expresso do atacante Kylian Mbappé, que acertou recentemente sua permanência na equipe e fez grandes exigências.

No Paris Saint-Germain desde 2017, Neymar não caiu no gosto da torcida. São crescentes as críticas ao seu futebol e principalmente a maneira como lida com os assuntos profissionais. A chegada de Messi no início da temporada 2021/2022 deu ares de renovação ao time e parecia ser um importante fator para potencializar o futebol do brasileiro, relembrando os áureos tempos de Barcelona.

No entanto, a temporada de Neymar e Messi foi muito aquém do esperado. Ambos fizeram poucos jogos e tiveram médias baixas de gols e assistências. Mbappé foi o grande nome do time e comandou a equipe na conquista do Campeonato Francês.

No dia 21 de junho, o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, deu uma série de entrevistas para veículos europeus falando sobre a montagem do elenco parisiense para o novo ano. Ao espanhol Marca, o mandatário despistou sobre o futuro de Neymar e deu indícios de saída. Desde então, os rumores ganharam novas proporções.

Neymar estaria de acordo com a saída do Paris Saint-Germain e teria preferência para rumar ao futebol inglês. O atleta desperta o interesse do Chelsea, sob nova direção desde a venda da equipe por Roman Abramovich. No entanto, o craque da seleção brasileira não está satisfeito com a maneira como tem sua situação tratada na França e teria meios para dificultar sua saída.

Na próxima segunda-feira, dia 4 de julho, o elenco do PSG começa a se reapresentar para o início dos trabalhos de pré-temporada. Algumas perguntas podem ser respondidas até lá. O futuro de Neymar deve ganhar novos capítulos e as negociações tendem a acelerar.

Estadão
Publicidade
Publicidade