PUBLICIDADE

Mbappé renova com PSG para a próxima temporada e recusa proposta do Real Madrid

Após ser alvo de disputa dos dois clubes, craque de 23 anos decide permanecer na equipe da capital francesa

21 mai 2022 12h09
| atualizado às 17h20
ver comentários
Publicidade

Kylian Mbappé decidiu ficar no Paris Saint-Germain e recusou a proposta feita pelo Real Madrid. O atacante francês fez questão de ligar para o presidente do clube espanhol, Florentino Pérez, para informá-lo de sua decisão de permanecer na França para a próxima temporada, segundo o jornalista Fabrizio Romano.

Com contrato a expirar no mês de junho, Mbappé estendeu seu vínculo com o PSG até 2025, por mais três anos. O clube da capital do país preparou uma festa para celebrar o título francês na tarde deste sábado. A proposta do Real Madrid no último ano por Mbappé foi recusada pelo próprio PSG, que resolveu correr os riscos de perdê-lo de graça ao fim desta temporada. A decisão, desta vez, partiu do jogador.

Mbappé teve grande temporada no PSG

Mbappé foi o grande destaque do PSG na atual temporada, apesar do fracasso do time na Liga dos Campeões. Atuando ao lado de Messi e Neymar, o francês se destacou ao anotar 36 gols e 26 assistências, somando todas as competições. A disputa da Copa do Mundo do Catar no fim do ano teria pesado na decisão do jogador em permanecer em seu clube atual. Com a renovação, o projeto do PSG deverá ser reconstruído em torno do atacante.

Logo após o anúncio, Mbappé foi a público comentar a renovação e projetou continuar crescendo na equipe francesa."Gostaria de anunciar que optei por renovar meu contrato com o Paris Saint-Germain e, claro, estou muito satisfeito. Estou convencido de que aqui posso continuar crescendo em um clube que oferece tudo o que é necessário para atuar em alto nível. Também estou muito feliz por continuar a jogar na França, o país onde nasci, onde cresci e onde fiz o meu nome", afirmou o atacante.

A permanência de Mbappé no PSG não será a única novidade no clube, que deverá passar por uma reformulação interna com a permanência do astro. Mudanças no comando técnico e administrativo são esperadas para a próxima temporada. O diretor esportivo Leonardo, muito criticado por torcedores, e o técnico Mauricio Pochettino podem deixar o clube de Paris.

La Liga protesta

Antes do anúncio oficial do PSG, a La Liga, que organiza o futebol espanhol, se manifestou contrária a permanência de Mbappé no PSG. O presidente da liga, Javier Tebas, é um crítico ferrenho da atuação do clube francês quanto às regras do Fair Play Financeiro. Em nota, a La Liga detona a política financeira dos franceses e ameaça ir à Uefa contra o PSG. "Este tipo de acordo ameaça a sustentabilidade económica do futebol europeu, colocando em risco a médio prazo centenas de milhares de empregos e integridade desportiva, não só das competições europeias, mas também das nossas ligas nacionais".

Estadão
Publicidade
Publicidade