3 eventos ao vivo

Mbappé pode passar a custar 40 milhões de euros após crise do coronavírus

18 abr 2020
17h42
atualizado às 18h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Kylian Mbappé, do PSG, poderia valer quatro vezes menos do que é avaliado hoje após a pandemia do novo coronavírus

A janela de transferências do verão europeu é um dos grandes momentos da temporada do velho continente. Realizada geralmente durante todo mês de julho e início de agosto, o período reúne as grandes e milionárias negociações entre clubes. Neste ano, no entanto, as transações podem ser realizadas por valores inferiores ao das últimas temporadas, por conta da pandemia do novo coronavírus.

Em coluna do jornal Ouest France, o eurodeputado francês Daniel Cohn-Bendit apontou que após a pausa no futebol mundial, as equipes européias precisarão se regular e utilizarão a janela de transferências para isso. Como exemplo, o político citou o caso de Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain.

"Mbappé custará 40 milhões de euros depois de tudo isso. Esse será o preço amanhã e não os 200 que custou. Essa crise limpará a irracionalidade do esporte profissional. É como se houvesse um ataque nuclear e tivesse que ser reconstruído, mas em outras bases. Haverá um regulamento de fato", afirmou.

Com isso, clubes estáveis financeiramente interessados no atacante francês, como o Real Madrid, podem adquiri-lo com facilidade. O contrato de Mbappé com o PSG é válido até junho de 2022. O clube parisiense estaria disposto a ceder o craque por um valor inferior ao da compra para que ele não se transfira de graça para outra equipe.

Veja também:

Newell’s Old Boys sonha com retorno de Messi
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade