PUBLICIDADE

Mauricio Pochettino se irrita com pergunta sobre possível saída do PSG para o United: 'Adeus, obrigado'

Apesar da liderança com folga na Ligue 1, treinador argentino vê o seu time deixar a desejar na Champions League

25 nov 2021 11h47
| atualizado às 16h09
ver comentários
Publicidade

Treinador do PSG, o argentino Mauricio Pochettino se irritou ao ser perguntando sobre uma possível saída dele do clube francês. Ele é especulado no Manchester United, rival do Manchester City, time inglês que o venceu na última quarta-feira: 2 a 1, pela quinta rodada da Champions League.

Pochettino comanda o PSG desde 2 de janeiro deste ano (Foto: Reprodução / Twitter do PSG)
Pochettino comanda o PSG desde 2 de janeiro deste ano (Foto: Reprodução / Twitter do PSG)
Foto: Lance!

"Adeus, Obrigado", disse ele logo após o jogo, em entrevista ao canal "Plus".

Mais calmo, na entrevista coletiva pós-jogo, ele voltou a falar sobre a sua possível saída e destacou que tudo isso não passa de um rumor.

- Os jogadores sabem muito bem nossa situação. Nós sabemos a situação deles. Acho que vivemos em um negócio em que os rumores estão aí. Algumas vezes negativos, outras positivos. Isso não é uma coisa para falar, sobre os rumores - comentou.

Com o resultado fora de casa, o Paris Saint-Germain vai terminar a fase de grupos da competição em segundo lugar, já que não pode mais alcançar o próprio City e não tem como ser alcançado pelo RB Leipzig.

Até aqui, são duas vitórias, dois empates e uma derrota. Muito pouco para o time considerado por muitos como o mais rico do mundo. Ele reconheceu que o desempenho não é o desejável e também falou sobre a sua possível saída.

- Na minha visão o primeiro tempo foi difícil, o City nos forçou a jogar recuados. Algumas vezes boas e ruins situações. Mas temos que saber sofrer, a Champions League pede isso. O Manchester City tem um time que impõe isso. No segundo tempo começamos melhor, controlamos o jogo em alguns momentos, marcamos um gol. As circunstâncias do time não ajudaram para continuarmos. Estamos desapontados. A classificação está, mas queríamos terminar em primeiro lugar. A decepção está lá - disse, ao canal oficial do PSG.

Lance!
Publicidade
Publicidade