PUBLICIDADE

Presidente do Milan está de saída do conselho da Liga Italiana

5 mai 2021 16h08
| atualizado às 16h08
ver comentários
Publicidade

O presidente do Milan, Paolo Scaroni, deve deixar o conselho da Serie A, a Liga de futebol da Itália, em breve. O motivo seria o fato de o clube de Milão ter sido um dos fundadores da Superliga Europeia no mês passado.

Segundo a Gazzetta Dello Sport, a carta de saída foi entregue no dia 22 de abril, mas ainda não foi aceita. Os presidentes do outros clubes membros do conselho ainda vão se reunir em assembleia para acordar em definitivo a retirada.

Além do Milan, Inter de Milão e Juventus também seriam fundadores da Superliga Europeia. Com isso, os outros membros também pretendem a saída do de Beppe Marotta e Andrea Agnelli, respectivamente, de acordo com a publicação.

Vale lembrar que, no dia 18 de abril, 12 clubes europeus anunciaram a criação de uma nova competição continental, a Superliga. Poucos dias depois, a ideia foi suspensa por muitas críticas dos torcedores dos times envolvidos e da imprensa. Dentre os 12 clubes, estavam três italianos, Milan, Inter de Milão e Juventus.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade