0

Maldini defende volta do Campeonato Italiano e critica fim da liga francesa

8 mai 2020
17h30
atualizado às 17h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Aproveitando que os efeitos do coronavírus na Europa estão se acalmando, algumas ligas começaram a planejar como os clubes voltarão aos gramados. Na Itália, a situação ainda está indefinida, mas Paolo Maldini, dirigente e ídolo do Milan, apoia a ideia de terminar o campeonato dentro de campo.

Em uma transmissão ao vivo com o ex-comapanheiro Rossonero Filippo Inzaghi, Maldini afirmou que aceitará a determinação das autoridades italianas, mas acredita que o Campeonato Italiano deve ser concluído com a bola rolando.

Maldini e seu filho foram diagnosticados com coronavírus, mas conseguiram se recuperar

"Há muita incerteza, tudo depende do que a Série A vai decidir. Temos o dever de tentar voltar ao campo. É preciso ter cuidado, mas não retornar seria um desastre em todas as vertentes, sobretudo econômica. Temos que tentar", afirmou o dirigente.

Diante do cenário europeu afetado pela pandemia, algumas ligas acabaram finalizando a temporada, como o Campeonato Francês. Porém, para o ex-jogador, a decisão foi equivocada. "A nossa opinião é clara, assim como o julgamento de outros clubes da Itália. Na minha opinião, a França cometeu um erro, mas aceitaremos qual será o veredito do governo".

Maldini ainda detalhou como foi o retorno do Milan aos treinos, na última quinta-feira. "Fechamos as partes comuns do Milanello (Centro de treinos do Milan) e os jogadores foram divididos em grupos de quatro em cada campo, podendo trabalhar da mesma maneira. Nem eles nem nós podíamos ficar mais tempo em casa", disse o italiano.

O Campeonato Italiano está paralisado desde o dia 9 de março. O Milan está na oitava colocação, com 32 pontos em 22 jogos.

Veja também:

Editor do L! analisa os destaques da rodada de fim de semana
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade