PUBLICIDADE

Manchester United é derrotado em casa pelo Wolverhampton

Com o resultado, a equipe se mantém na sétima posição do torneio e vê o adversário encostar no Campeonato Inglês

3 jan 2022 16h51
| atualizado às 17h16
ver comentários
Publicidade

O Manchester United perdeu para o Wolverhampton nesta segunda-feira, por 1 a 0, pelo Campeonato Inglês. Com o resultado, a equipe se mantém na sétima posição do torneio e vê o adversário encostar, chegando a oitava colocação. 

O jogo iniciou de forma equilibrada, porém, com leve superioridade dos Wolves. O Manchester United tentava atrapalhar a saída de bola, mas os visitantes conseguiam escapar da pressão com facilidade e encontravam espaços para progredir no campo e levar perigo ao gol de De Gea.  

Manchester United perdeu para o Wolverhampton nesta segunda-feira, por 1 a 0.
Manchester United perdeu para o Wolverhampton nesta segunda-feira, por 1 a 0.
Foto: Reuters

O goleiro espanhol teve que fazer uma grande defesa aos 12 minutos, quando o português Rúben Neves finalizou de fora da área. O United, por sua vez, tinha dificuldades para atacar. Sem um meio-campista armador, a equipe de Ralf Rangnick se apresentava com quatro atacantes: Cavani, Greenwood, Sancho e Cristiano Ronaldo.

Entretanto, o quarteto não conseguia se associar pelo centro do campo. O time dependia das jogadas pelas laterais, com Greenwood, Sancho e o lateral Wan-Bissaka. A melhor chance dos Red Devils aconteceu aos 42 minutos, quando Cavani foi acionado na entrada da área e arriscou uma finalização, que passou por cima do gol adversário.

Em um início de segundo tempo morno, a primeira grande oportunidade foi surgir aos 21, quando Matic recebeu na linha de fundo e cruzou rasteiro para Bruno Fernandes. O português bateu dentro da pequena área, mas a bola explodiu no travessão. Logo após o lance, Cristiano Ronaldo recebeu cruzamento na área e cabeceou para o fundo das redes, mas o gol foi anulado por impedimento.

Mesmo com problemas no setor de criação, o Manchester controlava melhor a partida e sofria menos em relação a primeira etapa. No entanto, aos 30, Adama Traoré, conhecido pela velocidade, puxou contra-ataque e foi parado com uma falta próxima a grande área. Na cobrança, Saiss bateu com perigo e a bola triscou o travessão.

No final da partida, aos 38 minutos, João Moutinho ficou com a sobra na entrada da área e, na 19ª finalização do Wolverhampton no jogo, chutou com precisão no canto esquerdo para abrir o placar a favor dos visitantes.

Mesmo com uma pressão nos minutos finais, o time da casa não conseguiu chegar ao gol de empate e amargou sua sexta derrota na competição, a primeira sob o comando de Ralf Rangnick.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade