PUBLICIDADE

Caso demita Solskjaer, Manchester United terá de pagar quantia milionária ao treinador; veja o valor

Comandante norueguês foi mantido no cargo mesmo depois de goleada sofrida por 5 a 0 para o Liverpool. Multa rescisória está estipulada em quase R$ 60 milhões

27 out 2021 15h00
| atualizado às 15h00
ver comentários
Publicidade

O técnico Ole Gunnar Solskjaer ganhou sobrevida no Manchester United e não foi demitido após a goleada sofrida por 5 a 0 para o Liverpool, no último domingo, pelo Campeonato Inglês. No entanto, a situação do treinador norueguês é delicada e os próximos jogos dirão o que será do futuro.

Ole Gunnar Solskjaer está no comando do Manchester United desde março de 2019 (Foto: OLI SCARFF / AFP)
Ole Gunnar Solskjaer está no comando do Manchester United desde março de 2019 (Foto: OLI SCARFF / AFP)
Foto: Lance!

Caso a direção dos Diabos Vermelhos decida pela interrupção do trabalho de Solskjaer e mande embora o comandante, o clube terá de pagar 9 milhões de euros (R$ 58,1 milhões), segundo o jornal "The Sun". O valor é referente à multa rescisória do norueguês, que tem o quinto maior salário da Premier League.

Na última terça-feira, com o apoio de Sir Alex Ferguson, Solskjaer ouviu da direção que seguirá no comando para a partida do Manchester United no próximo sábado, contra o Tottenham. O foco dos dirigentes é a melhora imediata de rendimento nos duelos sequentes.

A imprensa europeia afirma que, mesmo com a continuidade de Solskjaer, o Manchester United trabalha em nomes nos bastidores pensando em alternativas. O primeiro da lista é o italiano Antonio Conte, que está sem clube, e o segundo é o argentino Mauricio Pochettino, do Paris Saint-Germain.

Lance!
Publicidade
Publicidade