PUBLICIDADE

Em busca de atacante, Manchester City poderá pagar R$ 1,1 bilhão por Harry Kane

23 jul 2021 20h14
| atualizado às 20h14
ver comentários
Publicidade

Procurando um atacante após a saída de Sergio Aguero para o Barcelona, o Manchester City avalia nomes e analisa possíveis contratações. De acordo com o jornal inglês The Sun, a equipe de Pep Guardiola estaria disposta a desembolsar 160 milhões de libras (R$ 1,14 bilhão) por Harry Kane, do Tottenham.

Com valor de mercado de 120 milhões de euros (R$ 734,6 milhões) segundo o Transfermarkt, Kane já manifestou o desejo de deixar o time londrino. No entanto, o presidente do clube, Daniel Levy, não costuma facilitar as negociações. Por conta disso, ele exige uma alta quantia para que o atacante de 28 anos seja vendido.

A princípio, o valor determinado pelos Spurs seria de 160 milhões de libras - que o Manchester City, no caso, estaria disposto a pagar. Caso a negociação fosse concretizada com base nessas cifras, Kane se tornaria o segundo jogador mais caro da história do futebol.

Ele ficaria atrás apenas de Neymar, que trocou o Barcelona pelo PSG, em 2017, por cerca de 200 milhões de libras (R$ 1,42 bilhão atualmente). Assim, o inglês superaria Kylian Mbappé, que saiu do Monaco para a equipe parisiense, um ano depois, por 130,5 milhões de libras (R$ 932 milhões na cotação atual).

No entanto, durante a Eurocopa circulou a informação de que o valor rondaria 100 milhões de libras (R$ 714 milhões), ou seja, sessenta a menos do que o descrito agora.

Além disso, o Manchester United, rival da cidade, também tem interesse no jogador. Assim, há a possibilidade de ocorrer uma forte disputa entre os times para comprar o centroavante. No momento, os Red Devils contam com Edinson Cavani, de 34 anos, como o principal atacante ao lado de Jadon Sancho, anunciado nesta sexta-feira.

Por fim, de acordo com o periódico citado, a intenção do Tottenham, agora, é esperar. Desta forma, haveria menos dias restantes na janela de transferências e, assim, o clube poderia ter mais autoridade sobre o valor para a saída de sua estrela. Trata-se de uma técnica comum entre os times, visando aguardar até o último momento para vender atletas pelo maior preço possível.

Atualmente, o City conta apenas com Gabriel Jesus como opção para centroavante. Entretanto, Guardiola utilizou Phil Foden, Kevin de Bruyne e Riyad Mahrez na posição de falso 9 na última temporada.

Apesar da renovação de Son Heung-min, os Spurs também não têm outro atacante de área além de Kane.

Formado na base do Tottenham, Harry Kane disputou 336 jogos pelo clube: anotou 221 gols e 47 assistências. Na temporada 2020/21, ele jogou 49 partidas, balançou as redes 33 vezes e deu 17 passes para gol.

Pela Seleção Inglesa, Kane entrou em campo em 61 ocasiões, marcando 38 gols e dando 13 assistências. Ele foi vice-campeão da última Eurocopa.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade