3 eventos ao vivo

Público lota Ginásio do Pacaembu para final da Liga dos Campeões

1 jun 2019
20h59
atualizado às 20h59
  • separator
  • comentários

Na tarde deste sábado, o Ginásio do Pacaembu tornou-se o Estádio Wanda Metropolitano. Na grande decisão da Liga dos Campeões, a Heineken, patrocinadora oficial da competição, promoveu um evento no tradicional estádio da capital paulista. Com a maior TV de alta definição já produzida para a transmissão de uma partida oficial da Champions, os torcedores lotaram o espaço e fizeram uma verdadeira festa para acompanhar o duelo entre Liverpool e Tottenham.

A cada lance de perigo, luzes verdes eram ligadas e alteravam a atmosfera do evento. E não demorou muito para a torcida balançar o lugar. Logo aos 23 segundos da etapa inicial, o volante Sissoko tocou com a mão na bola e o árbitro assinalou uma penalidade para os Reds. O egípcio Salah converteu e levou a torcida ao delírio.

Público lotou Ginásio do Pacaembu (Foto: Luca Castilho/Gazeta Press)

Já no intervalo, um show da Orquestra Jabaquara e a participação de dançarinos levantaram o público. "A Final Imperdível", nomeação dada pela marca ao evento, voltou sob muita euforia.

Quase como um gol, todos os presentes comemoraram quando Mauricio Pocchetino, aos 11 minutos, chamou o brasileiro Lucas Moura para substituir Harry Winks. A cada lance que o ex-São Paulo tocava na bola, principalmente em jogadas ofensivas, a comoção era geral.

Ao longo do segundo tempo, os Spurs cresceram na partida e exigiram defesas do goleiro Alisson, feito muito celebrado pela torcida no Pacaembu. Contudo, a festa foi concluída no final quando Origi, aos 42 minutos, balançou as redes e decretou o título do Liverpool.

Após o final da decisão, a festa continuou e a banda Tropkillaz animou o público. As luzes seguiram proporcionando um grande efeito no local e os torcedores puderam sentir a sensação de praticamente estar em Madri.

*Especial para a Gazeta Esportiva

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade