0

Polícia coreana investiga Cristiano Ronaldo por fraude

1 ago 2019
10h21
atualizado às 10h21
  • separator
  • 0
  • comentários

Após Cristiano Ronaldo ficar de fora de uma partida amistosa realizada pela Juventus na Coreia do Sul, a polícia local optou por abrir investigação para saber se alguma lei do país não estaria sendo violada. A informação é do jornal As, da Espanha, que também aponta que a acusação teria sido feita por um advogado do grupo LKB & Partners. Além do craque português, a denúncia também envolve a Juventus e a TheFasta, empresa que organizou o evento.

A partida em questão ocorreu na última sexta-feira, entre o time italiano e uma equipe com os principais jogadores da liga coreana.

Decepcionados por não verem Cristiano Ronaldo em campo, mais de 2 mil torcedores aderiram à uma ação na qual é exigido o reembolso por parte da TheFasta.

O diário espanhol ainda informa que é pouco provável uma punição ao atleta, ou a exigência de que ele vá depor na Coreia do Sul. Também não é de se esperar que a polícia local recorra à Interpol, que só se envolve em crimes que acarretam em prisão de mais de um ano. Mesmo podendo sair impune, Cristiano Ronaldo teve sua imagem desgastada no país.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade