PUBLICIDADE

Para Chiellini, CR7 deveria ter saído antes da Juventus

21 out 2021 13h26
| atualizado às 13h26
ver comentários
Publicidade

Giorgio Chiellini, experiente zagueiro da Juventus e da seleção italiana, disse que Cristiano Ronaldo deveria ter saído antes da equipe, mas não guarda ressentimentos. De acordo com ele, a equipe precisava se preparar para não levar o "choque" que levaram. 

"Ele saiu no dia 28 de agosto e certamente teria sido melhor se ele tivesse ido mais cedo para que pudéssemos nos preparar. Infelizmente, pagamos um preço por isso. Foi um choque para o sistema e perdemos pontos nos jogos de abertura por causa disso. Se ele tivesse partido em 1º de agosto, teríamos tempo para nos reorganizar e estar prontos para o início da temporada", declarou. 

Chiellini disse que Cristiano desejava novos desafios na carreira, motivo que teria levado o português fechar contrato com o Manchester United neste verão.

"Já tinha imaginado que ele poderia sair, porque chegamos a um estágio da relação de trabalho em que Cristiano precisava de uma nova motivação e de uma equipe que jogasse por ele. Quando  encontra uma equipe assim, ele sempre pode ser decisivo, pois também foi na Juve. A Juventus está começando um processo de renovação e tentando reduzir a média de idade, então claramente ele teria sido um bônus se ele tivesse ficado, mas é justo que ele quisesse um time mais focado no presente do que no futuro" - disse o capitão da Juventus.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade