0

Com gol nos acréscimos, Udinese vira e adia título da Juventus

23 jul 2020
16h35
atualizado às 16h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O torcedor da Juventus terá que esperar um pouco mais para soltar o grito de campeão. Nesta quinta-feira, a equipe do técnico Maurizio Sarri sofreu a virada, perdeu por 2 a 1 para Udinese, fora de casa, e deixou escapar a chance de conquistar o Campeonato Italiano com três rodadas de antecedência.

Com o resultado, a Velha Senhora continua com 80 pontos e vai ter que aguardar para comemorar o nono título consecutivo da competição. Já Udinese, que briga contra o rebaixamento, alcançou a 15ª colocação, com 39 pontos.

A Udinese retorna aos gramados no domingo, quando enfrenta o Cagliari fora de casa. No mesmo dia, a Juventus encara a Sampdoria no Allianz Stadium. Até lá, a equipe de Turim pode já ter conquistado o Campeonato Italiano. Caso Lazio e Atalanta percam para Milan e Cagliari, respectivamente, e a Inter de Milão não vença o Genoa, o título será da Velha Senhora.

O jogo - A primeira chance de gol da partida foi da Udinese. Aos 7 minutos, Sema cruzou pela esquerda e Danilo tentou cortar de cabeça, mas acabou mandado na trave esquerda de Szczesny. O goleiro polonês também impediu que o time da casa abrisse o placar, já que defendeu um grande chute de Sema aos 34 minutos.

Com muita dificuldade para achar um espaço na defesa da Udinese, a Juventus criou suas melhores oportunidades em chutes de fora da área. Cristiano Ronaldo e Dybala foram quem mais arriscaram de longa distância, mas o goleiro Musso e a linha de fundo foram os destinos dos arremates.

Já os atacantes não conseguiam penetrar o bloqueio mandante, foi preciso de uma ajuda da defesa. Aos 42 minutos da primeira etapa, o zagueiro De Ligt aproveitou a sobra fora da área, dominou e finalizou rasteiro no canto esquerdo da meta da Udinense, colocando a Juventus em vantagem no marcador.


Atrás no placar, a Udinese voltou para o segundo tempo com uma postura mais ofensiva. A iniciativa funcionou rapidamente, já que Nestorovski aproveitou o cruzamento de Sema pela esquerda e, livre dentro da área, cabeceou forte para superar Szczesny aos 6 minutos.

Com o empate, a Udinese voltou a se defender, dificultando as investidas do ataque da Juve. Menos inspirada do que nos 45 minutos iniciais, a Velha Senhora não conseguiu gerar perigo ao time da casa.

Nos acréscimos, Fofana arrancou do meio-campo, driblou De Ligt e marcou um belo gol para virar o jogo. O tento do marfinense foi muito festejado pela Udinese, que fica cada vez mais distante da zona de rebaixamento.

Veja também:

Ídolos do futebol homenageiam e choram morte de Maradona
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade