PUBLICIDADE

Inter de Milão toma susto, mas vence na prorrogação e avança na Copa da Itália

19 jan 2022 19h56
| atualizado às 19h56
ver comentários
Publicidade

A Inter de Milão venceu o Empoli nesta quarta-feira, por 3 a 2, e avançou para as quartas de final da Copa da Itália. Na próxima fase, o atual campeão italiano enfrentará a Roma ou o Lecce, que duelam nesta quinta-feira, às 17 horas (de Brasília).

Logo aos 3 minutos, o argentino Joaquín Correa se lesionou e saiu de campo aos prantos, uma baixa importante para a Inter. Em seu lugar, entrou o chileno Alexis Sánchez.

Atuando com uma formação de três zagueiros, o time mandante baseava sua criação com associações pelo meio de campo. Os atacantes, sobretudo Lautaro Martínez, eram fundamentais nesse processo. Eles recuavam, atraindo a marcação adversária e gerando espaço em suas costas. Espaços estes que serviam para a infiltração dos alas da equipe, Darmian e Dumfries. Lautaro era bastante participativo e, em diversos momentos, auxiliava na construção do time de Simone Inzaghi.

Aos 13 minutos, o holandês Dumfries conduziu pelo corredor do lado direito e cruzou na área para Sánchez completar de cabeça e abrir o placar.

O Empoli, por sua vez, apostava em subir sua linha de marcação e forçar o erro da Inter. No entanto, os Nerazzuri conseguiam escapar da pressão e criavam chances para ampliar o marcador. A maior dificuldade da equipe era o último passe.

A melhor oportunidade do Empoli no primeiro tempo foi aos 44 minutos, quando o meio-campista Stulac cobrou uma falta na entrada da área e a bola passou perto do gol defendido por Radu.

Os visitantes retornaram melhor na segunda etapa e empataram o jogo aos 16 minutos, quando o albanês Bajrami recebeu cruzamento, dominou de peito e finalizou no canto.

Após sofrer o empate, Inzaghi fez alterações e colocou em campo seus principais jogadores, como Barella, Perisic e Çalhanoglu. Aos 27, o árbitro entendeu que a bola havia tocado na mão de Dumfries e marcou pênalti para o Empoli, mas, após consulta no VAR, a marcação foi anulada.

No entanto, poucos minutos depois, o time chegou a virada com o centroavante Cutrone, que completou de cabeça após cruzamento na pequena área.

Já nos acréscimos, o zagueiro Ranocchia fez jus a pressão da Inter e, de voleio, empatou a partida, levando-a para a prorrogação.

Na prorrogação, a Inter de Milão sufocava o adversário, ocupando a área de ataque. No final da primeira etapa, o italiano Stefano Sensi, que havia entrado no lugar de Lautaro Martínez, acertou uma pancada de fora da área e colocou o time da casa em vantagem novamente.

Sem pernas para buscar o resultado, o Empoli viu a Inter controlar o jogo e garantir a virada e a classificação.

Sassuolo se classifica

Mais cedo, o Sassuolo venceu o Cagilari, por 1 a 0, com gol de Abdou Harroui, e também avançou na competição. Nas quartas de final, o time enfrentará a Juventus, que derrotou a Sampdoria nesta terça-feira.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade