PUBLICIDADE

Sem Raphinha, Leeds perde do Arsenal e deixa Copa da Liga Inglesa; Chelsea avança

Destaque da seleção nas últimas rodadas das Eliminatórias, brasileiro foi desfalque porque se machucou no fim de semana, diante do Wolverhampton

26 out 2021 18h27
| atualizado às 18h27
ver comentários
Publicidade

Sem poder contar com Raphinha, o Leeds não resistiu ao Arsenal nesta terça-feira e foi eliminado da Copa da Liga Inglesa. Jogando no Emirates Stadium, em Londres, o Leeds perdeu por 2 a 0, em duelo válido pelas oitavas de final da terceira competição mais importante da Inglaterra. Já o Chelsea precisou dos pênaltis para superar o Southampton.

Destaque da seleção brasileira nas últimas rodadas das Eliminatórias da Copa, Raphinha foi desfalque porque se machucou no fim de semana, diante do Wolverhampton, pelo Campeonato Inglês. O Leeds não apontou previsão de retorno para o atacante, que pode ficar fora das próximas partidas da seleção, a ser convocada na sexta-feira.

Se o Leeds não tinha Raphinha, o Arsenal contou com Gabriel Martinelli entre os titulares. A equipe londrina contou com diversas mudanças promovidas pelo técnico Mikel Arteta, que deu descanso para alguns dos principais jogadores e não se arrependeu.

A bola, contudo, só entrou no segundo tempo. Aos 10 minutos, o zagueiro Chambers, que tinha acabado de entrar, cabeceou para as redes, após levantamento na área. Aos 23, Nketiah aproveitou recuo errado da defesa, deu um chapéu alto no goleiro Illan Meslier e completou para as redes.

Também em Londres, o Chelsea suou mais para se garantiu nas quaras de final. Após empatar por 1 a 1 no tempo normal, superou o Southampton nas penalidades por 3 a 2, mesmo sem contar com o zagueiro Thiago Silva e o volante Jorginho, ambos poupados nesta terça-feira.

O primeiro gol da partida saiu aos 43. Após cobrança de escanteio na área, Havertz cabeceou com certa tranquilidade a abriu o placar. Mas, aos 2 minutos da etapa final, os visitantes buscaram o empate. Na finalização da direita, a bola passou entre as pernas do goleiro Kepa e sobrou para Che Adams, sozinho na pequena área, só empurrar para as redes.

Hudson-Odoi, Chilwell e James marcaram os gols do Chelsea nas cobranças de pênalti, enquanto Romeu e Long anotaram para os visitantes.

Em outro jogo do dia, o Sunderland eliminou o Queens Park Rangers e também avançou às quartas. Não houve gols nos 90 minutos e o Sunderland levou a melhor nas penalidades, por 3 a 1.

Estadão
Publicidade
Publicidade