3 eventos ao vivo

Na estreia de Cavani, Manchester United e Chelsea decepcionam e empatam sem gols

Jogo foi pouco movimentado, mas o principal destaque ainda foi o goleiro Mendy, da equipe azul

24 out 2020
16h35
atualizado às 16h35
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

As altas expectativas sobre o duelo entre Manchester United e Chelsea não foram confirmadas e os dois times empataram sem gols neste sábado, no Old Trafford, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Inglês. O sonolento jogo marcou a estreia do atacante Edinson Cavani pelo time da casa.

O resultado ruim não agrada as duas equipes, já que os dois ficam distantes dos líderes da competição, especialmente o Manchester United, que vinha empolgado pela estreia vitoriosa na Liga dos Campeões diante do Paris Saint-Germain, mas não largou bem na liga inglesa.

Com um jogo a menos, o time do técnico norueguês Ole Gunnar Solskjaer aparece apenas na 15ª colocação, com sete pontos. Além do empate deste sábado, são duas vitórias e duas derrotas, incluindo a goleada acachapante por 6 a 1 sofrida para o Tottenham no início do mês.

Em seis partidas, o Chelsea soma nove pontos, fruto de duas vitórias e três empates, e ocupa o sexto lugar. No entanto, a equipe londrina deve perder posições ao longo da rodada, que ainda reserva outros sete confrontos. Os resultados são decepcionantes até aqui, visto que o clube de Londres investiu pesado em contratações e trouxe jogadores renomados, como Havertz e Timo Werner.

Em campo, foram pouco lances de perigo em uma partida truncada e sem emoção. Sob chuva intensa, os dois times tiveram dificuldades para criar e esbarraram nas defesas. Os anfitriões chegaram mais perto e só não saíram vitoriosos porque o goleiro Mendy fez intervenções importantes nas poucas ocasiões em que foi exigido.

Sem gols, o destaque ficou para a estreia de Cavani, contratado pelo Manchester United por uma temporada, com opção de extensão do vínculo por mais uma. O uruguaio de 33 anos não entrava em campo desde 10 de março, quando o Paris Saint-Germain fez a sua última partida antes da pausa pelo coronavírus.

O atacante entrou aos 12 minutos da etapa final na vaga do volante McTominay. Ele foi discreto, mas teve uma oportunidade para marcar no final da partida. Na ocasião, Cavani recebeu dentro da pequena área, mas foi travado por Thiago Silva, que foi seu companheiro na França.

Veja também:

Ídolos do futebol homenageiam e choram morte de Maradona
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade