PUBLICIDADE

Lukaku é reintegrado ao Chelsea após desculpas a Tuchel

4 jan 2022 15h31
| atualizado às 15h31
ver comentários
Publicidade

Nesta terça-feira, o técnico do Chelsea, Thomas Tuchel, anunciou que o atacante Romelu Lukaku foi reintegrado ao elenco dos Blues. O belga havia sido afastado após declarar, em entrevista condedida ao Sky Sports, da Itália, no dia 31 de dezembro, que não estava feliz com sua situação no clube inglês.

"Demos tempo para olhar para trás com calma. Ele pediu desculpa e está de volta ao time para o treino de hoje", declarou Tuchel, em coletiva realizada nesta terça.

Contratação mais cara da história do Chelsea e segunda maior da história da Premier League, atrás apenas de Jack Grealish do Manchester City, Lukaku chegou ao clube de Londres pela quantia de 115 milhões de euros, após ter tido boa passagem pela Inter de Milão. Até o momento, ele disputou 18 partidas com a camisa dos Blues e balançou a rede em sete oportunidades.

"Para mim, a coisa mais importante foi perceber, e claramente perceber, que não foi intencional. Ele não fez isto intencionalmente para criar este tipo de ruído antes de um jogo grande", acrescentou Tuchel, que teve uma reunião com o jogador belga e dirigentes do Chelsea nesta segunda-feira.

Agora, o comandante da equipe londrina volta suas atenções para a Copa da Liga Inglesa, já que amanhã, quarta-feira (5), o Chelsea recebe o Tottenham, no Standford Bridge, às 16h45 de Brasília, para a primeira partida da semifinal do torneio.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade