0

Rodrygo e Renan Lodi são 'convocados' para integrar a seleção de novatos da Uefa

Entidade europeia coloca atacante lateral-esquerdo em lista de destaques da nova geração

30 dez 2019
16h11
atualizado às 16h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Os brasileiros Rodrygo e Renan Lodi estão na seleção das revelações da Liga dos Campeões de 2019. A Uefa divulgou em seu site oficial a eleição por intermédio de votos de jornalistas. Para compor a equipe, o atleta poderia ter 24 anos ou menos e estar em sua temporada de estreia na principal competição europeia.

A América do Sul foi representada também pelo argentino Lautaro Martínez. Mais dois franceses, dois noruegueses, um marroquino, um italiano, um espanhol e um alemão completaram a equipe.

A zaga é quase toda formada por jogadores de times alemães. O goleiro é o italiano Alex Meret, de 22 anos, que atua no Napoli. Ele só sofreu quatro gols, em seis partidas na fase de grupos da principal competição da Europa.

A lateral-direita ficou para o marroquino Achraf Hakimi, de 21 anos, do Borussia Dortmund, enquanto o lado esquerdo foi ocupado por Renan Lodi, de 21 anos, que chegou ao Atlético de Madrid vindo do Athletico-PR para ocupar muito bem a vaga deixada por Filipe Luís e Lucas Hernández.

A dupla de zaga formou com o campeão mundial pela seleção francesa Benjamin Pavard (23 anos), do Bayern de Munique, e pelo seu compatriota Dayot Upamecano, de 21 anos, do emergente Leipzig.

O rápido meio-campo reuniu três jogadores. O norueguês Sander Berge (21 anos), do belga Genk, se destacou pela personalidade e liderança, o que chamou a atenção de muitas equipes; o versátil alemão Kai Havertz (20 anos), do Bayer Leverkusen; e o espanhol Dani Olmo (21 anos), do croata Dínamo de Zagreb, que mostra seu talento formado no Barcelona.

O trio de ataque é goleador. Tem o ex-santista Rodrygo (18 anos), do Real Madrid, que impressionou logo na estreia ao fazer três gols no Galatasaray. O norueguês Erling Braut Haaland (19 anos), do austríaco Salzburgo, também fez um "hat-trick" no primeiro tempo em sua estreia na Liga dos Campeões contra o Genk. Seu desempenho garantiu uma transferência para o Borussia Dortmund em janeiro.

Completa o time o argentino Lautaro Martínez (22 anos), da Internazionale, autor de cinco gols que não impediram a eliminação do time italiano na fase de grupos da Copa dos Campeões.

Veja também:

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade