PUBLICIDADE

Matheus Cunha marca, Atlético de Madrid bate Elche e estará na Liga dos Campeões

Apesar de temporada irregular, comandados de Diego Simeone garantem ida ao torneio continental na temporada 2022/2023

11 mai 2022 19h13
| atualizado às 19h13
ver comentários
Publicidade

O Atlético de Madrid é o terceiro representante da Espanha na próxima edição da Liga dos Campeões. Junta-se a Real Madrid e Barcelona. A vaga veio nesta quarta-feira, com vitória em visita ao Elche, por 2 a 0, com colaboração brasileira. O lateral Renan Lodi deu assistência para o atacante Matheus Cunha abrir caminho para o triunfo.

Com 67 pontos, os comandados de Diego Simeone podem apenas ser igualados em pontos pelo Betis, o quinto colocado, mas como ganhou os dois confrontos diretos com o time da Andaluzia (3 a 1 fora e 3 a 0 em Madri), estão matematicamente garantidos para a décima edição seguida da Liga dos Campeões.

O jogo no estádio Manuel Martínez Valero começou equilibrado. Mas Matheus Cunha tinha motivação a mais para brilhar após ser convocado por Tite pela manhã para amistosos diante de Coreia do Sul e Japão, em junho.

E o chamado da seleção brasileira parece ter feito muito bem ao centroavante. Aos 28 minutos do primeiro tempo, Matheus Cunha recebeu do compatriota Rean Lodi e de pé direito fez as pazes com as redes. Sem marcar desde fevereiro, acabou com o jejum em momento-chave para o Atlético de Madrid. Seu sétimo gol no Espanhol - tem outras quatro assistências - deixou o time mais tranquilo e com a meta encaminhada na competição.

O atacante apontou e ainda deu abraço apertado no lateral, que perdeu espaço na seleção brasileira por não ter se vacinado contra a covid-19. O apoio do camisa 19 serviu como um consolo ao companheiro, que ainda sonha em estar no Catar no fim do ano.

Sem sustos e tranquilo em campo, o Atlético garantiu o triunfo no segundo tempo, com Griezmann servindo De Paul. O francês também tinha iniciado a jogada do primeiro gol, achando Lodi livre na esquerda.

Nos outros jogos desta quarta-feira, o Alavés fez 2 a 1 no Espanyol, Osasuna e Getafe ficaram no 1 a 1 e Sevilla e Mallorca não saíram do zero.

Estadão
Publicidade
Publicidade