2 eventos ao vivo

Por questões diplomáticas, Arsenal confirma ausência de Mkhitaryan em final

21 mai 2019
09h27
atualizado às 09h27
  • separator
  • comentários

Henrikh Mkhitaryan não estará à disposição do Arsenal para a grande final da Liga Europa, contra o Chelsea, na próxima quarta-feira (29 de junho). O motivo diz respeito aos problemas diplomáticos envolvendo a Armênia, país de origem do meio-campista, e o Azerbaijão, palco do confronto decisivo entre os dois times ingleses.

"É o tipo de jogo que não é disputado muitas vezes por nós jogadores e, devo admitir, dói-me muito perdê-lo. Eu estarei torcendo pelos meus companheiros de equipe! Vamos trazê o título para casa, Arsenal!", escreveu o armênio, logo após o anúncio.

Os Gunners chegaram a exigir da Uefa, entidade máxima do futebol europeu, garantias de segurança a Mkhitaryan em território azeri. Contudo, a decisão final acabou sendo tomada junto à família do jogador e, assim, optaram por não incluí-lo na delegação que viajará a Baku na próxima semana. No Estádio Olímpico da capital, a bola irá rolar a partir das 16h (no horário de Brasília).

"Escrevemos para a Uefa expressando nossas profundas preocupações sobre essa situação. Micki tem sido um jogador chave na nossa corrida até a final, então isso é uma grande perda para nós do ponto de vista da equipe", escreveu o Arsenal, em comunicado oficial.

O conflito

Armênia e Azerbaijão não mantêm relações diplomáticas desde o fim da década de 1980, quando os países deram início à disputa territorial pela região de Nagorno-Karabakh, ao longo das montanhas do Pequeno Cáucaso. A guerra armada ocorreu até meados de 1994 e, embora exista um tratado de oficial de cessar-fogo, a tensão pelo conflito existe até hoje.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade