0

Eintracht e Chelsea abrem semifinais da Liga Europa com empate

2 mai 2019
18h13
atualizado às 19h07
  • separator
  • 0
  • comentários

Enquanto o duelo entre Arsenal e Valencia começou com vitória inglesa, o confronto entre Chelsea e Eintracht Frankfurt segue aberto. Nesta quinta-feira, o quarto colocado do Campeonato Inglês visitou o quarto colocado do Campeonato Alemão e o jogo terminou com empate por 1 a 1, garantido com boa atuação de Trapp, contendo a pressão do clube de Londres.

Com o resultado, as equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, na Inglaterra, com ligeira vantagem do Eintracht. Pelo gol marcado fora de casa, o time de Frankfurt precisa de um empate sem gols para se classificar. Para o Chelsea, é necessário vencer ou empatar por dois ou mais gol, com o 1 a 1 levando a disputa para a prorrogação. A partida decisiva será às 16 horas (de Brasília).

O jogo

Pensando na reta final do Campeonato Inglês, no qual o Chelsea tenta garantir vaga na próxima Liga dos Campeões mesmo se não for campeão da Liga Europa, o técnico Maurizio Sarri escalou sua equipe sem o atacante belga Eden Hazard, optando por um ataque formado por Willian, Pedro e Giroud.

Sem seu principal jogador, o Chelsea começou a partida dominando a posse de bola, mas sem eficiência no ataque. A melhor chance do clube inglês no início do jogo foi logo aos três minutos em finalização de Kanté para fora. Sem fazer valer o favoritismo, o Chelsea conheceu o vice-artilheiro do Campeonato Alemão.

Aos 22 minutos, o atacante Luka Jovic abriu o placar para o Eintracht Frankfurt. O camisa 8, dono de 25 gols na temporada sendo oito na Liga Europa, recebeu cruzamento de Kostic pela esquerda e finalizou de peixinho para colocar o time da casa em vantagem.

O Chelsea conseguiu chegar ao empate pouco antes do intervalo justamente com o substituto de Hazard. Aos 44 minutos, o espanhol Pedro recebeu de Loftus-Cheek na área e finalizou de perna esquerda com firmeza, sem chances para o goleiro Trapp. A bola ainda passou entre cinco defensores do Eintracht antes de balançar a rede.

No segundo tempo, o time de Londres seguiu dominando a posse de bola, mas demonstrou mais intensidade do que no primeiro tempo. Aos oito minutos, Loftus-Cheek assustou ao finalizar para fora. Três minutos depois, Willian colocou o goleiro Trapp para trabalhar.

Tentando mudar a história do jogo, Sarri tirou o craque do banco. Aos 15 minutos, o técnico italiano colocou Hazard no lugar do brasileiro Willian. No entanto, o belga não conseguiu resolver para o Chelsea, cuja melhor chance do segundo tempo veio aos 32 minutos, quando David Luiz cobrou falta e acertou o travessão depois de nova defesa de Trapp.

Ao contrário do que aconteceu durante todo o jogo, o Eintracht buscou intensamente o gol da vitória na reta final. A equipe alemã, no entanto, não conseguiu levar grande perigo ao gol do espanhol Kepa. Dessa forma, o empate por 1 a 1 construído no primeiro tempo foi o placar final do primeiro embate do confronto.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade