0

Com pênalti defendido e dois gols no fim, Everton bate Crystal Palace

21 out 2018
14h00
atualizado às 14h03
  • separator
  • comentários

No único jogo deste domingo do Campeonato Inglês, o Everton arrancou um 2 a 0 no final do jogo sobre o Crystal Palace no Goodison Park, às 12h (de Brasília). Pela nona rodada, o time da casa contou com Bernard e Richarlison no time titular, além de um Pickford inspirado defendendo pênalti, e fez dois gols em um minuto, já nos minutos finais da partida, com Dominic Calvert-Lewin e Cenk Tosun.

Com o resultado, o time comandado por Marco Silva soma 15 pontos e pula para a oitava posição, enquanto o Crystal Palace permanece em 14º lugar. Na próxima rodada, ambas as equipes têm difíceis desafios pela frente. No domingo, dia 28 de outubro, o Crystal Palace recebe o Arsenal, quinto colocado na Premier League, enquanto o Everton viaja até o Old Trafford para enfrentar o Manchester United de José Mourinho.

O jogo

O primeiro tempo foi marcado pelo domínio dos donos da casa, mas a primeira oportunidade clara só surgiu aos 28 minutos. Sigurdsson criou espaço dentro da área adversária e disparou um belo chute no ângulo direito, mas Henessey realizou defesa precisa e impediu a abertura do placar. A resposta veio dez minutos depois, com Milivojevic em cobrança de falta. A bomba foi em direção ao canto direito, mas Pickford também mostrou seus dotes e defendeu o chute.

Com o lance, a partida pegou fogo. Kouyate, do Crystal Palace, acertou uma forte cabeçada, mas a bola explodiu no travessão. O final da primeira etapa foi marcada por lances de perigo nos dois lados do campo, mas sem a eficiência necessária para abrir o marcador.

Na volta para o segundo tempo, grande oportunidade desperdiçada para o Crystal Palace. Aos 14 minutos, Zaha foi derrubado dentro da área por Coleman e, na cobrança, Milivojevic parou em Pickford, que defendeu a bola no centro do gol. Uma curiosidade é que esses dois atletas serviram suas respectivas seleções na última Copa do Mundo: Milivojevic pela Sérvia e Pickford pela Inglaterra.

Depois do susto, o Everton resolveu ir para cima e resolver o jogo. Já no finalzinho da partida, aos 42 minutos, depois de falha na saída de bola, Ademola Lookman fez um cruzamento esperançoso para dentro da área e Dominic Calvert-Lewin saltou de forma certeira e cabeceou no lado esquerdo da meta. No minuto seguinte, Cenk Tosun recebeu belo passe e disparou um rápido chute, sem defesa para o goleiro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade