0

Colômbia empata com a Venezuela pelas eliminatórias

31 ago 2017
20h04
atualizado às 20h19
  • separator
  • comentários

A Colômbia visitou a lanterna Venezuela, nesta quinta-feira, no Estádio Pueblo Nuevo, em San Cristóbal, e perdeu uma boa chance para encaminhar sua vaga para a Copa do Mundo de 2018.

Foto: Reuters

Com atuação abaixo do esperado, sendo até pressionada em algumas oportunidades, a seleção colombiana não conseguiu se sobressair e ficou apenas no empate em 0 a 0 com os venezuelanos, em jogo válido pela 15ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas.

Com o resultado, a Colômbia chegou aos 25 pontos na tabela, na segunda colocação, mais ainda pode perder posições na rodada. Já a Venezuela segue na lanterna, com apenas sete pontos somados. Restam agora somente três jogos para ambas as equipes até o fim das Eliminatórias.

A Colômbia volta a atuar pelas Eliminatórias Sul-Americanas na próxima terça-feira, às 17h30(de Brasília), quando recebe a Seleção Brasileira, no Estádio Metropolitano Roberto Meléndez, em Barranquilla. Já a Venezuela irá atuar um pouco mais tarde, às 20h30(de Brasília), quando visita a Argentina, no Estádio Monumental de Núñez, em Buenos Aires.

O jogo - A partida teve início um pouco lenta, porém, com a Venezuela levemente melhor. A primeira boa chance dos donos da casa veio aos 13 minutos. Martínez recebeu bola ajeitada na área e finalizou. O arremate, no entanto, foi por cima do gol.

Apesar da chance venezuelana, o jogo começou a pegar fogo a partir da segunda metade do primeiro tempo. Aos 28, Falcao García recebeu cruzamento na entrada da pequena área e cabeceou firme. Bem posicionado, o goleiro Faríñez fez uma grande defesa e evitou um gol que parecia certo para os colombianos.

A Venezuela, porém, respondeu a altura aos 34. Martínez recebeu na entrada da área, ajeitou a bola e mandou uma bomba que carimbou o travessão da Colômbia.

Nos minutos finais, as boas chances para sair na frente foram da Colômbia. Aos 35, Carlos Sánchez recebeu cruzamento na área e finalizou com perigo ao lado do gol. Já aos 36, foi a vez de Chará chutar firme e obrigar Faríñez a fazer outra boa defesa. A rede, porém, insistiu em não balançar, e o duelo foi para o intervalo empatado em 0 a 0.

O duelo voltou para a segunda etapa e logo nos primeiros segundos a Colômbia teve uma grande chance para sair na frente. Após triangulação, Cuadrado recebeu na área e soltou uma bomba, que obrigou Faríñez a espalmar para fazer a defesa. Já aos sete, foi a vez de Falcao García mandar de cabeça e testar o goleiro venezuelano.

Alguns minutos depois, os colombianos tiveram nova grande chance. Aos 18, Chará fez linda jogada individual, invadiu a área e ficou frente a frente com o goleiro. O atacante, porém, chutou muito mal, mandando com perigo por cima.

Apesar de um começo com mais chances claras da Colômbia, a Venezuela passou a dominar a partida nos minutos seguintes. Aos 25, Murillo cruzou rasteiro para a área e encontrou Rondón, que mandou no contrapé de Ospina. O goleiro colombiano, porém, fez um milagre para evitar o gol.

A Colômbia, porém, respondeu em dois chutes perigosos. Aos 31, Moreno mandou uma bomba de fora da área e obrigou Faríñez a espalmar para defender. Já aos 35, foi a vez de Falcao García arriscar e ver o goleiro venezuelano salvar.

Apesar das chances, nenhuma das equipes conseguiu balançar as redes. Com isso, o duelo inevitavelmente se encerrou em 0 a 0.

FICHA TÉCNICA

VENEZUELA 0X0 COLÔMBIA

Local: Estádio Pueblo Nuevo, em San Cristóbal (Venezuela)

Data: 31 de agosto de 2017 (Quinta-feira)

Horário: 18h(de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Brasil)

Assistentes: Kléber Lucio Gil (Brasil) e Bruno Boschilia (Brasil)

Cartões Amarelos: Sergio Córdova e Tomás Rincón(Venezuela); Óscar Murillo(Colômbia)

Cartões Vermelhos: Nenhum

GOLS: Nenhum

VENEZUELA: Faríñez, Victor García, Chancellor, Villanueva e Feltscher; Tomás Rincón, Yangel Herrera, Sergio Córdova(Figuera) e Josef Martínez(Otero); Machís(Jhon Murillo) e Rondón

Técnico: Rafael Dudamel

COLÔMBIA: Ospina, Santiago Arias, Óscar Murillo, Cristián Zapata e Fabra; Carlos Sánchez(Aguilar), Wilmar Barros, Cardona(Moreno) e Cuadrado; Falcao García e Yimmi Chará(Luis Muriel)

Técnico: José Pékerman

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade