1 evento ao vivo
Logo do Liga dos Campeões
Foto: Terra

Liga dos Campeões

Barça faz 2 a 1 no PSV; Tottenham bate Inter e continua vivo

Equipes se enfrentaram pelo Grupo B da Liga dos Campeões

28 nov 2018
19h58
atualizado às 20h12
  • separator
  • 0
  • comentários

A quarta-feira de Liga dos Campeões foi decisiva para o Grupo B da competição. Em Amsterdã, o já classificado Barcelona fez 2 a 1 no já eliminado PSV e garantiu a primeira colocação da chave. Por outro lado, no lendário estádio de Wembley, o Tottenham derrotou a Inter de Milão por 1 a 0, se livrou da eliminação por agora e jogou a definição da segunda vaga do grupo para a última rodada.

Com os resultados, a chave tem os espanhóis na liderança com 13 pontos e campanha de quatro vitórias e um empate. Atrás, estão Tottenham e Inter de Milão, respectivamente, com sete pontos conquistados (os ingleses estão à frente pela vantagem no confronto direto). Por fim, o PSV estacionou na lanterna do grupo, com somente dois empates na soma.

Na próxima e última rodada do Grupo B da Liga dos Campeões, a Inter de Milão recebe o PSV no Giuseppe Meazza, às 18h00 (horário de Brasília) do dia 11 de dezembro. No mesmo dia e horário, o Tottenham vai até o Camp Nou para encarar o Barça.

Jogadores do Barcelona comemoram gol contra o PSV
Jogadores do Barcelona comemoram gol contra o PSV
Foto: Toussaint Kluiters / Reuters

O jogo

Apesar do Barcelona entrar em campo já classificado e o PSV sem chances de avançar para a próxima fase, foi o time holandês que demonstrou maior vontade de sair com o triunfo desta quarta-feira, com os mandantes sendo superiores durante a etapa inicial.

Aos 15 minutos do primeiro tempo, Pereiro apertou na saída de bola e recuperou a bola. O meia bateu firme e acertou a trave de Ter Stegen, quase anotando o primeiro. Nove minutos depois, o jogador perdeu outra grande chance, chutando por cima do gol estando cara a cara com o arqueiro alemão próximo da pequena área.

Na faixa dos 30 minutos, o Barça tentou se reanimar na partida e chegou a assustar com Messi. O argentino recebeu a bola do jeito que gosta e enfiou uma bomba, que passou próxima da meta de Zoet.

Já perto do final do primeiro tempo, o PSV teve a maior oportunidade da primeira etapa. Depois de levantamento para a área, De Jong foi até o segundo andar e cabeceou alto, acertando o travessão de Ter Stegen. Na sobra, Dumfries também carimbou a trave antes da zaga do Barça afastar.

No segundo tempo, os comandados de Ernesto Valverde equilibraram mais as ações. O jovem francês Dembélé voltou ligado para a segunda etapa e pôs fogo no jogo, o que animou o Barcelona.

Aos 14 do período, enfim o placar em Amsterdã foi inaugurado. Messi tabelou com Dembéle e foi cercado por quatro defensores do PSV. O argentino não teve problemas em fintar todos, puxar para a canhota e bater firme e no ângulo, sem chances para Zoet: 1 a 0 com bonito tento do camisa 10.

Pouco depois, os holandeses mostraram-se nervosos com o gol e os blaugranas aproveitaram para aumentar a diferença. Em batida de falta, Messi bateu com a característica perna esquerda e a bola, no meio do caminho, encontrou Piqué. O zagueiro espanhol fez o desvio que "matou" o goleiro rival: 2 a 0.

O PSV, que parecia morto na disputa, deixou os ânimos à flor da pele aos 36: depois de cruzamento da esquerda, De Jong novamente subiu de cabeça e, dessa vez, não vacilou perante Ter Stegen e o travessão, diminuindo a vantagem rival no marcador.

Em casa, Tottenham derrota a Inter de Milão, evita eliminação e permanece vivo

Harry Kane comemora gol do Tottenham
Harry Kane comemora gol do Tottenham
Foto: Eddie Keogh / Reuters

A partida que realmente valia algo pelo Grupo B estava sendo disputada ao mesmo tempo, mas em Wembley. Tottenham e Inter de Milão foram ao gramado inglês com objetivos diferentes e brigando pela mesma vaga: os italianos precisavam somente do empate para garantir classificação para a próxima fase da competição internacional, enquanto os ingleses necessitavam da vitória para continuarem vivos na Champions.

O confronto direto terminou melhor para o Tottenham, que venceu por 1 a 0 com gol de Eriksen aos 34 do segundo tempo. Com o resultado, a equipe alcançou a marca de sete pontos e ultrapassou a própria Internazionale, que tem o mesmo número de pontos, na tabela de classificação.

No primeiro tempo, os comandados de Mauricio Pochettino ficaram mais com a bola no pé e tiveram mais chances, mas o placar permaneceu inalterado. Na melhor oportunidade da etapa, o ex-São Paulo Lucas fez a jogada e tocou para trás, em direção a Winks, que finalizou no travessão de Handanovic.

A etapa final viu o Tottenham pressionar ainda mais pelo gol, precisando da vitória para permanecer vivo na Liga dos Campeões. Os ingleses ameaçaram com Winks, Vertoghen e Eriksen, mas foi o goleiro Lloris que brilhou, fazendo grande defesa em finalização de Perisic.

Aos 34 do segundo tempo, quando o destino do Tottenham parecia a eliminação, brilhou a estrela do meia dinamarquês Eriksen. Em bela amostra coletiva, Sissoko fez a jogada e tocou para Dele Alli, que fez a assistência para o autor do gol: 1 a 0.

Veja também:

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade