0

Ataque da Argentina tem dificuldades contra Marquinhos e Thiago Silva

2 jul 2019
07h07
atualizado em 5/7/2019 às 10h52
  • separator
  • 0
  • comentários

O principal perigo que a seleção argentina oferece aos adversários é, sem dúvida, o ataque. Diante do Brasil, pelas semifinais da Copa América, a Argentina deve ter Messi, Aguero e Lautaro Martínez, titulares na vitória sobre a Venezuela nas quartas.

No entanto, a dupla de zaga titular da Seleção Brasileira é um pesadelo para os atacantes argentinos. Thiago Silva e Marquinhos, que também formam dupla no Paris Saint-Germain, sofreram apenas um gol dos craques que enfrentarão nesta terça-feira, às 21h30 (de Brasília).

Principal jogador argentino desde Diego Maradona e o melhor de sua geração, Messi foi o único dos atacantes a vencer a dupla brasileira. O craque marcou um dos seis gols na goleada antológica do Barcelona sobre o PSG por 6 a 1, que garantiu a classificação do clube catalão para as quartas de final da Liga dos Campeões da temporada 2016-17 depois de derrota por 4 a 0 em Paris.

Esse, porém, foi o único gol de Messi diante de Thiago Silva e Marquinhos. A dupla de zagueiros brasileiros enfrentou o camisa 10 argentino em outras duas ocasiões, ambas pelas quartas de final da Liga dos Campeões da temporada 2014-15.

No primeiro jogo do confronto, na França, o Barcelona contou com gols de Neymar e Suárez (2) para vencer por 3 a 1. Na volta, na Espanha, Neymar marcou os dois gols da vitória catalã por 2 a 0. A única participação de Messi em gols foi dando assistência para o primeiro tento do jogo de ida, marcado pelo brasileiro.

Pela seleção da Argentina, o desempenho de Messi também não é animador. Em 2016, na única vez em que encontrou Thiago Silva e Marquinhos enfrentando a Seleção Brasileira, nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, o camisa 10 passou em branco.

Melhor para o Brasil, que venceu por 3 a 0 no Mineirão, mesmo palco do confronto desta terça-feira. Neymar, Coutinho e Paulinho marcaram os gols da partida. Na ocasião, porém, Thiago Silva entrou apenas no final do segundo tempo no lugar do titular Miranda, que fez dupla com Marquinhos.

Provável companheiro de Messi no ataque argentino, Sergio Aguero também tem problemas com a dupla brasileira. O atacante enfrentou Thiago Silva e Marquinhos uma vez pelo Manchester City, passando em branco na vitória inglesa por 1 a 0 com gol do belga Kevin De Bruyne. Pela Argentina, o centroavante também participou do 3 a 0 para o Brasil em 2016 entrando no intervalo.

Outras opções para o ataque argentino não têm história diante da dupla brasileira. Angel Di María joga no PSG e só enfrentou a dupla brasileira no 3 a 0 de 2016. Paulo Dybala, Matías Suárez, Lautaro Martínez e Rodrigo de Paul nunca enfrentaram Thiago Silva e Marquinhos em jogos oficiais.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade